VÍDEO: Após comunidade rural ficar ilhada em Taiobeiras, resgate de paciente de hemodiálise mobiliza bombeiros, policiais e Prefeitura

Comunidade ficou ilhada por causa do aumento do nível do rio Itaberaba e do rompimento de alguns barramentos. O resgate começou por volta das 17h e terminou às 20h desta segunda (27). Vídeo mostra parte do resgate de uma mulher em Taiobeiras
O resgate de uma mulher mobilizou Corpo de Bombeiros, Polícia Militar de Meio Ambiente e a Prefeitura de Taiobeiras (MG) nesta segunda-feira (27). O vídeo acima mostra quando as pessoas envolvidas no salvamento chegam com o barco.
Segundo o sargento Warner Lima, ela mora na comunidade de Umbuzeiro e precisava sair de casa para fazer hemodiálise. Com as chuvas que atingem o Norte de MG, a comunidade ficou com o acesso comprometido.
“Foi um resgate complexo porque a correnteza estava muito forte, foi preciso amarrar o barco com cordas para conseguirmos passar", explica o policial.
Ainda de acordo com o sargento, a comunidade ficou ilhada por causa do aumento do nível do rio Itaberaba e do rompimento de alguns barramentos. O resgate começou por volta das 17h e terminou às 20h.
Daniela de Oliveira Felix, assessora de gabinete da Prefeitura, explica que o secretário adjunto de Saúde, Marlon Alisson Cardoso Ramos, pediu ajuda para os militares após tentar outras formas para buscar a paciente.
“Mandamos um carro para pega-la, mas não tinha como passar. Alugamos um trator e providenciamos uma caminhonete e também não conseguimos chegar ao local onde ela mora", fala.
A paciente foi trazida para a cidade e passará pela hemodiálise nesta terça. Ela faz o tratamento três vezes por semana em Salinas, a última vez tinha sido na sexta-feira (24). A Assistência Social da Prefeitura de Taiobeiras providenciou um lugar para ela ficar na cidade até que a comunidade de Umbuzeiro esteja com o acesso liberado.
“Temos pacientes na zona rural, mas a maioria está conseguindo fazer os tratamentos normalmente. No caso dela, todos os esforços foram feitos para que a hemodiálise pudesse ser realizada, já que há um risco caso o tratamento não ocorra”, finaliza Daniela de Oliveira Felix.
A chefe de gabinete diz que Taiobeiras não está sendo afetada pelas chuvas como Salinas, por exemplo. Até o momento, foram registradas quedas de muros de casas e de uma árvore, situações que estão sendo acompanhadas pela Defesa Civil.
Vídeos do Norte, Centro e Noroeste de MG

Veja mais notícias da região em g1 Grande Minas.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *