Veja perfil de Olaf Scholz, novo chanceler da Alemanha

Veja perfil de Olaf Scholz, novo chanceler da Alemanha


Integrante do Partido Social-Democrata (SPD) era ministro da Economia e vice-chanceler quando foi eleito para substituir Angela Merkel. Ele irá governar graças a uma coalizão com os partidos Verde e Liberal Democrático (FDP). Saiba quem é Olaf Scholz, que deve substituir Angela Merkel
Olaf Scholz substitui Angela Merkel como chanceler da Alemanha, depois de seu partido, o Social Democrata (SPD, na sigla em alemão), ter obtido a maioria parlamentar nas eleições de 26 de setembro.
Ele chegou ao poder depois de obter um acordo com os partidos Verde e Liberal Democrático (FDP), que irão sustentar seu governo. A coalizão foi fechada em 24 de novembro, após quase dois meses de negociações.
Olaf Scholz, futuro premiê da Alemanha, em foto de 24 de novembro
Reuters/Fabrizio Bensch
Campanha
O anúncio de sua candidatura pelo SPD, ainda em 2020, chegou a causar surpresa, já que um ano antes ele havia perdido a disputa pela liderança do partido. Ele manteve uma campanha discreta e se beneficiou dos contratempos de seus adversários, que cometeram gafes e sofreram diversos ataques.
Em seus discursos, ele se vendia como uma promessa de estabilidade, mais "garantido" do que o vago Armin Laschet, democrata-cristão apoiado por Merkel.
A primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, recebe flores de seu futuro substituto, Olaf Scholz, em Berlim, em foto de 24 de novembro
Markus Schreiber/Pool via Reuters
Na época da eleição, Scholz era atual ministro da Economia e vice-chanceler da Alemanha, e seu partido, o Social-Democrata (SPD), fazia parte da coligação que sustenta o governo.
Em agosto, Scholz começou a ganhar popularidade rapidamente e passou a liderar as pesquisas de intenção de voto, chegando às vésperas da eleição como grande favorito.
Currículo
Scholz é advogado, especializado em leis trabalhistas, tem 63 anos, e é casado com Britta Ernst, ministra da Educação na região de Brandeburgo.
Ele é membro do SPD desde 1975 e foi eleito pela primeira vez para o Bundestag, o Parlamento alemão, em 1998.
Também já foi ministro do Trabalho, nomeado em 2007, e prefeito de Hamburgo, eleito em 2011. Na cidade, Scholz executou uma ambiciosa política de habitação e proteção à primeira infância, mesmo ao custo de esgotar o orçamento da cidade, segundo a agência France Presse.
O ministro da Economia e candidato do SPD, Olaf Scholz, durante evento de campanha em Teltow, na Alemanha, em 14 de setembro
Britta Pedersen/dpa via AP
Considerado extremamente pragmático, já foi alvo de piada ao ser apelidado de “Scholzomat”, uma brincadeira com seu nome e a palavra “automat”, sugerindo que seria mais próximo de uma máquina do que de um ser humano.
O então ministro da Economia e candidato do SPD, Olaf Scholz, durante comício em Colonia, na Alemanha, no dia 22 de setembro
Ina Fassbender/AFP
Initial plugin text

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.