‘Vamos gerar mais de 120 novos postos de trabalho em 2022’, afirma secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação de PE

‘Vamos gerar mais de 120 novos postos de trabalho em 2022’, afirma secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação de PE


Na entrevista da Rádio CBN Caruaru, Alberes Lopes falou dos investimentos em empregos no ano de 2021 e 2022. Alberes Lopes, secretário da Micro e Pequena Empresa, Qualificação e Trabalho de Pernambuco
Governo de PE/Divulgação
O secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes, participou da entrevista à Rádio CBN Caruaru, nesta quarta-feira (29), para falar sobre balanço de 2021 na geração de empregos do estado e os projetos para 2022.
Alberes contou quais foram as metas alcançadas em 2021 na geração de empregos. "Apesar de ser um ano ainda muito difícil, com a pandemia, nós avançamos na vacinação e já podemos ver que Pernambuco teve uma recuperação positiva, quase 80 mil novos postos de trabalho, nossos projetos avançaram bastante, em termos de qualificação e oportunidades ao trabalhador. Ano que vem, chega mais de 120 centrais de oportunidades que vamos abrir, e isso mostra que o estado vem trabalhando no sentido de dar o apoio na retomada da economia para gerar mais empregos. Em Caruaru, chega em janeiro essa retomada, as estradas já estão sendo recuperadas e isso vai totalizar R$ 5 bilhões em investimentos. É o momento que Pernambuco nunca viveu e no ano que vem a expectativa é que possamos gerar mais de 120 novos postos de trabalho. Com a pandemia controlada, já tivemos o retorno das atividades e isso aquece bastante a economia do estado", disse o secretário.
Com os avanços no estado, o secretário acredita que ano que vem será ainda melhor, principalmente na área da indústria no interior. "Com todos esses investimentos, não tenho dúvidas que vamos ter um avanço. Em Pernambuco, com este saldo de R$ 5 bilhões, vamos ter uma melhora em relação ao ano de 2021. Participei de uma reunião em São Paulo, onde tentava levar o estado de Pernambuco para a industrialização no interior. Temos várias empresas que estão indo para o interior e precisamos focar nisso", comentou Alberes.

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.