Usina Ituiutaba Bioenergia é alvo de mandado de busca e apreensão em inquérito que apura mortes de trabalhadores em ônibus atingido por incêndio em canavial

Usina Ituiutaba Bioenergia é alvo de mandado de busca e apreensão em inquérito que apura mortes de trabalhadores em ônibus atingido por incêndio em canavial


Polícia Civil teve apoio dos bombeiros e da Polícia de Meio Ambiente que fiscalizou se havia irregularidade ambiental; usina disse que está à disposição das autoridades e colabora com investigação. Ônibus incendiado em canavial da BP Bunge no mês de agosto
Corpo de Bombeiros de Ituiutaba
A Usina BP Bunge Ituiutaba Bioenergia foi alvo de um mandado de busca e apreensão nesta quarta-feira (15). Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), foram arrecadados notebooks, aparelhos celulares e documentos.

Os materiais serão analisados dentro do inquérito que apura o incêndio ocorrido no canavial da empresa no último 28 de agosto. O fogo atingiu um ônibus, matou e feriu trabalhadores da usina.
Ao g1 a usina informou que está à disposição das autoridades para colaborar com o processo de investigação das causas do acidente. Veja nota completa mais abaixo.
Os trabalhos da PCMG contou m com o apoio de equipes do Corpo de Bombeiros Militar, da Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA), do setor de Perícias Criminais da PCMG em Uberlândia e Ituiutaba, da Agência de Informações e Inteligência Policial da Polícia Civil de Uberlândia, além de outros policiais civis lotados em Ituiutaba.
Segundo o sargento da PMMA, Eduardo Venâncio o apoio solicitado foi para a corporação identificar se havia irregularidade ou crime ambiental. O que não foi constatado no ato da fiscalização, segundo o militar.
O que diz a usina
Por nota, enviada pela assessoria de imprensa, a empresa informou que "desde o ocorrido colocou-se absolutamente à disposição das autoridades para colaborar com o processo de investigação das causas do acidente. Nesta quarta-feira, foi surpreendida com o cumprimento do Mandado de Busca e Apreensão pela Polícia Civil. A companhia reforça que segue colaborando com as investigações para que os fatos sejam esclarecidos".
Polícia Civil e bombeiros; mandado Usina Ituiutaba Bioenergia
Divulgação/PCMG
Trabalhadores mortos e feridos
Três trabalhadores da Usina Ituiutaba Bioenergia morreram após o ônibus em que ele estavam ser atingido por um incêndio iniciado em canavial, na zona rural do município, no dia 28 de agosto. Outros trabalhadores também se feriram, alguns em estado grave.
Na época, a Polícia Militar (PM) afirmou que havia 16 pessoas no ônibus da usina: um trabalhador que morreu no local, 12 que foram levadas para hospitais, deste mais 2 morreram posteriormente e 3 que não se feriram.
O grupo era levado para o trabalho em um ônibus, quando o motorista do veículo se deparou com as chamas em alta velocidade, devido aos fortes ventos, formando uma imensa nuvem de fumaça, e perdeu por completo a visibilidade. Em desespero, alguns saíram correndo pelo terreno em chamas.
VÍDEOS: Veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.