Eduardo Andrade/RPC

Três pessoas são presas, e carros de luxo apreendidos em operação que investiga lavagem de dinheiro em Guarapuava

Mandados foram cumpridos nesta terça (14); segundo MP-PR, alvos controlam grupos empresariais que fraudaram investidores em esquema similar à pirâmide financeira. Cinco veículos de luxo foram apreendidos

Três pessoas foram presas, e cinco carros de luxo apreendidos em uma operação do Grupo de Atuação Especial de

Combate ao Crime Organizado (Gaeco) que investiga crimes de lavagem de dinheiro mediante fraude em Guarapuava, na região central do Paraná.

Os mandados foram cumpridos nesta terça-feira (14) na cidade e também no município paulista de Barueri.
Também foram apreendidos cerca de R$ 500 mil em espécie, além de artigos de luxo, como joias e relógios.

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), os alvos da operação controlam dois grupos empresariais de Guarapuava. As investigações apontaram indícios de que eles captaram mais de R$ 30 milhões de investidores com promessas de rendimentos financeiros elevados.

O esquema, conforme o MP-PR, é similar ao de uma pirâmide financeira.

As investigações indicaram, ainda, que o esquema teve perdas estimadas em cerca de R$ 5,7 milhões nas operações.

Apesar disso, segundo o órgão, os investigados adquiriram patrimônio por meio de veículos e imóveis de luxo.

Use ← →para continuar navegando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.