TRE-MT mantém cassação de vereador de Primavera do Leste por divulgar notícias falsas

TRE-MT mantém cassação de vereador  de Primavera do Leste por divulgar notícias falsas


Luis Costa (PDT) é vereador em Primavera do Leste. Defesa afirma que vai recorrer ao TSE contra a cassação. Vereador Luis Costa (PDT) teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral
Divulgação
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) manteve nessa terça-feira (7) a decisão de cassar o mandato do vereador Luis Costa (PDT), de Primavera do Leste, por publicações de notícias falsas durante as eleições de 2020 contra adversários políticos.
O advogado Daniel Ramalho, que defende o vereador, afirma que o Costa não cometeu crimes e que está sendo vítima de perseguição política. Informou também que vai entrar com recurso nesta quinta-feira (9) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
A decisão do TRE-MT foi por quatro votos a três para manter a determinação de primeira instância, da juíza Lidiane de Almeida Anastácio Pampado, cassando o mandato de Costa. O voto minerva foi dado pelo presidente do Tribunal, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha.
Costa só deverá deixar o cargo de vereador quando todos os recursos tiverem sido acionados e finalizados. A Câmara Municipal de Primavera do Leste ainda não se posicionou sobre o assunto.

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.