Suspeito de praticar crime de estelionato é preso em SE e tenta subornar policiais com R$ 200 mil


Segundo a polícia, o investigado tinha 13 mandados de prisão em aberto em outros dois estados. Algemas
Bill Oxford/Unsplash/Divulgação/Arquivo
Um homem, de 36 anos, foi preso em flagrante, nesta terça-feira (28), pela prática de estelionato. Durante a ocorrência, ele ofereceu R$ 200 mil aos policiais civis para que não fosse detido.
Presos que receberam indulto natalino devem retornar à prisão
De acordo com o delegado Paulo Cristiano, o investigado tinha 13 mandados de prisão em aberto pelos estados da Bahia e Minas Gerais. Os mandados de prisão são referentes aos crimes de estelionato e porte ilegal de arma de fogo.
"Houve uma troca de informações entre as Polícias Civis da Bahia e de Sergipe e foi possível constatar que em Boquim havia um cigano foragido da Justiça. Fizemos diligências e conseguimos abordá-lo", explicou.
No momento da ação policial, ele se apresentou com documentação falsa. "Ele foi conduzido para delegacia e se constatou que o documento era falso. No momento da prisão pela documentação falsa, ele e os familiares tentaram subornar os policiais, sendo lavrado o flagrante por corrupção ativa".
Segundo a Polícia Civil, o investigado fazia parte de uma organização criminosa que praticava fraudes contra o INSS.

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.