Sino centenário é furtado em capela de Ribeirão Pires

Sino centenário é furtado em capela de Ribeirão Pires


Objeto fabricado na Inglaterra em 1900 estava avaliado em R$ 25 mil e pesava 30 kg. Sino centenário é furtado em capela de Ribeirão Pires, no ABC
Reprodução TV Globo
O sino de uma capela em Ribeirão Pires, na região do ABC, foi furtado na semana passada. Desde então, os fieis não são mais avisados do horário das missas da capela Nossa Senhora Aparecida que faz parte da paróquia Santa Luzia.
O crime ocorreu no dia 9 de dezembro, às margens da Rodovia Índio Tibiriça, em uma região conhecida por Ouro Fino. O sino centenário foi fabricado na Inglaterra em 1900 e estava na capela desde 1910. Em 2017, o objeto foi restaurado.
O sino tem 50 centímetros de diâmetro, pesa cerca de 30 quilos e está avaliado em R$ 25 mil.
Os criminosos tiveram que subir uma altura de cerca de 8 metros para furtar o sino, que ficava no alto da capela.
Imagens da capela Nossa Senhora Aparecida, em Ribeirão Pires, com e sem o sino furtado
Reprodução TV Globo
O padre Clemilson, responsável pela capela, fez um apelo para o sino ser devolvido caso o objeto seja encontrado.
"Ele tem um valor histórico, um valor religioso, um significado importante para a comunidade e chegar aqui na capela e não encontrá-lo dá uma sensação de vazio. Uma perda de um objeto importante é uma sensação de invasão e faz falta para a comunidade."
O padre disse que procura imagens de câmeras de segurança na região para tentar identificar o autor do furto. A Polícia Civil também está investigando o caso.
Sino furtado em capela do ABC ficava a cerca de 8 metros de altura
Reprodução TV Globo
VÍDEOS: Tudo sobre São Paulo e a região metropolitana

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.