Saúde acaba com obrigatoriedade de aferição de temperatura em prédios públicos e privados da PB

Saúde acaba com obrigatoriedade de aferição de temperatura em prédios públicos e privados da PB


Secretário indica que aferição de temperatura corporal como forma de triagem tem pouca efetividade no atual contexto. Aferição de temperatura não deixa de ser mais obrigatório na Paraíba
TV Globo/Reprodução
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Governo da Paraíba divulgou, nesta terça-feira (14), uma nota técnica que dispensa a obrigatoriedade de aferição de temperatura corporal em estabelecimentos públicos e privados. O documento destaca que nem todos os infectados com Covid-19 manifestam febre e que a transmissão pode ocorrer mesmo sem o aparecimento de sinais e sintomas.
De acordo com o secretário executivo da Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, a aferição da temperatura corporal como forma de triagem tem pouca efetividade no atual contexto de pandemia.
Ele explica que indivíduos que não apresentam febre durante período de incubação da Covid-19 podem não ser detectados por meio desta medida. Além disso, ele destaca o cenário de redução de número de casos sintomáticos em função da crescente cobertura vacinal na Paraíba.
“É relevante lembrar que as demais medidas definidas em decretos, notas técnicas e protocolos estaduais devem ser continuamente e ininterruptamente executadas. Testar os sintomáticos, usar máscaras de forma constante, evitar aglomerações e buscar de forma ativa os não vacinados são medidas extremamente importantes para conter o coronavírus”, pontua.
O secretário lembra que toda a população acima de 12 anos está apta para ser vacinada e aqueles com mais de 18 anos que já completaram o esquema vacinal de duas doses devem buscar tomar a dose de reforço após o período indicado.
O documento reforça ainda que as orientações podem mudar de acordo com novas condutas recomendadas pelo Ministério da Saúde, órgãos Internacionais e avanços científicos.
Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *