Procura por testes para Covid em farmácia de Rio Branco dobrou após surto de gripe e aumento de viagens

Procura por testes para Covid em farmácia de Rio Branco dobrou após surto de gripe e aumento de viagens


Rede de farmácias referência nestes testes diz que o número de testes diários saiu de 12 para 15.
Procura por testes para Covid em farmácia de Rio Branco dobrou após surto de gripe e aumento de viagens
SES-TO/Divulgação
A capital acreana, além da pandemia, enfrenta um surto de gripe e aumento nos casos de dengue. Tudo isso tem contribuído para que unidades de saúde fiquem lotadas e a gestão municipal tem procurado medidas para garantir a fluidez nos atendimentos. Porém, muita gente ainda tem recorrido aos testes de farmácias.
Em Rio Branco, apenas uma rede grande de farmácias é referência para esse tipo de testagem. No local, é possível fazer a avaliação para saber se está com Covid ou gripe.
A chegada do fim do ano também contribuiu para o aumento, já que muita gente vai viajar e, para isso, faz o teste de Covid-19. Nessa farmácia, que é referência, o número de testes diários saiu de 12 para 25, segundo o farmacêutico responsável pelas testagens, Ualison Moraes.
“É um aumento considerável. A gente fazia, há dois meses, testes em 12 pessoas por dia, agora aumentou para 25. Mas, tem porcentagens, a maioria, cerca de 60%, é de pessoas com sintomas gripais. Depois vem os que vão viajar e querem fazer a testagem e também uma parte de pessoas com Covid mesmo”, diz ele.
Unidades de saúde seguem lotadas durante surto de gripe
Andryo Amaral/Rede Amazônica Acre
Surto
A coordenadora do Departamento de Vigilância Epidemiológica, Socorro Martins, diz que desde a semana passada a situação na capital é de surto.
“Já consideramos um surto desde a semana passada pela tendência de aumento e devido ao aumento de procura de pessoas com síndrome gripal, principalmente nas UPAs e nossas unidades, então esse número elevado leva a secretaria a considerar surto por síndrome gripal. Nós estamos avaliando o número, mas já tinha passado dos 300 casos na última avaliação, estamos buscando as informações nas unidades para atualizar”, destaca.
Socorro diz ainda que não se sabe o tipo de vírus específico que está circulando, já que os testes que comprovam a H3N2 são levados para Belém e, por isso, os resultados demoram mais um pouco.
“O que a gente sabe é que é Influenza A, um vírus que tem contagiado muitas pessoas, principalmente crianças. Por isso, estamos indicando para quem tem problemas de gripe, febre forte, procurar unidade de saúde para ter um diagnóstico, porque ainda temos a Covid que está aí”, alerta.
A coordenadora destaca ainda que, mesmo com o teste de farmácia, é preciso procurar uma unidade de saúde e passar por uma avaliação médica, porque os sintomas podem ser diferentes em cada caso.
Aumento viagens
A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) divulgou o balanço de estimativa de passageiros que devem passar pelo aeroporto de Rio Branco até 4 de janeiro. O período é um dos mais movimentados do ano e já tem aumento de 47% no número de passageiros, se comparado com o mesmo período do ano passado e começo deste ano.
Dados da Infraero mostram que de 17 de dezembro deste ano até 4 de janeiro de 2022 devem passar 22.054 passageiros pelo aeroporto da capital. Já no ano passado, de 18 de dezembro a 3 de janeiro deste ano, foram 14.997 pessoas viajando no período.
VÍDEOS: g1 em 1 minuto

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.