Prefeitura de Uberaba é autorizada pela Câmara a financiar até R$ 28 milhões para obras no município

Prefeitura de Uberaba é autorizada pela Câmara a financiar até R$ 28 milhões para obras no município


Entre as obras, recurso será destinado para a 2ª etapa da Zona de Processamento de Exportação, e revitalização e duplicação da via de acesso ao Complexo Turístico de Peirópolis. Cidade de Uberaba
Reprodução/TV Integração
A Prefeitura de Uberaba foi autorizada pela Câmara a contratar operação de crédito com o Banco do Brasil no valor de cerca de R$ 28 milhões para o programa obras que visam fomentar o desenvolvimento econômico do Município. O Projeto de Lei (PL) n.º 583/2021, que chegou a ser discutido, mas recebeu pedido de vistas no dia 22 de novembro, foi aprovado por 20 votos na reunião da última quinta-feira (2).
Conforme a Prefeitura, o recurso será destinado para:
obras de infraestrutura dos Distritos Industriais II e IV
obras de infraestrutura da 2ª etapa da Zona de Processamento de Exportação (ZPE);
revitalização e duplicação da via de acesso ao Complexo Turístico de Peirópolis;
impermeabilização do Aterro Sanitário Municipal.
A obra do loteamento do Distrito Industrial IV possibilitará a implantação da infraestrutura básica do distrito para nove empresas já formalizadas darem início às obras de seus empreendimentos, além de viabilizar a instalação de novas empresas, já que esse distrito conta com 42 lotes.
No Distrito Industrial II, a abertura das ruas João Urbano de Carvalho e Eliseu Urbano permitirá a finalização de sistema viário.
A 2ª etapa da ZPE complementará o projeto de infraestrutura com esgoto, água, meio-fio, pavimentação das ruas e estrutura alfandegária.
Já as novas obras de infraestrutura do Complexo Turístico de Peirópolis visam garantir acessibilidade aos turistas, como passeios, implantação de banheiros públicos, pavimentação e paisagismo, valorizando e preservando o patrimônio natural da localidade, fomentando o turismo local.
Também estão inclusos no projeto a duplicação da via de acesso ao bairro, incluindo desapropriação de área para estacionamento e complemento dos serviços de revitalização do complexo.
Dentro do recurso, também está prevista a finalização da impermeabilização da 4ª célula do Aterro Sanitário Municipal, que além de ampliar a capacidade, evita questões ambientais.
Importância do projeto
Durante a discussão da proposta, o titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação (Sedec), Rui Ramos, falou da importância da aprovação do recurso, que vai permitir o impulsionamento na implantação de empresas, e na valorização e incremento ao turismo que é uma grande ferramenta de desenvolvimento.
“Importante ressaltar, por exemplo, que o DI-IV é um projeto de 2018 e que até hoje não possui obras de infraestrutura. Era um distrito que existia no papel e agora se torna uma realidade onde serão implantadas, no mínimo, nove empresas que estão com processo de incentivo em andamento na Secretaria de Desenvolvimento”, afirmou o secretário.
Também estiveram presentes no Plenário a secretária adjunta da Sedec, Cynthia Bessa de Souza; o assessor jurídico da Sedec, Carlos Eduardo Bortoletto Izidoro; o superintendente de Planejamento Urbano, Luiz Mário Molinar Neto; a chefe de Departamento de Captação de Recursos, Alexandra Barbosa, e o secretário adjunto de Serviços Urbanos e Obras, Pedro Henrique Arduini Guedes.
VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.