Polícia abre inquérito para investigar acidente que matou avó e neto na Santa Amélia, em Maceió

Polícia abre inquérito para investigar acidente que matou avó e neto na Santa Amélia, em Maceió


Vítimas morreram carbonizadas após carro ser atingido por fios de alta voltagem; testemunhas e familiares vão prestar depoimento. Policiais tentam recuperar imagens do acidente. Carro onde estavam avó e neto foi consumido pelas chamas após acidente na Santa Amélia, em Maceió
Abidias Martins/TV Gazeta
A Delegacia de Acidentes abriu um inquérito nesta segunda-feira (27) para investigar o acidente que matou uma mulher de 53 anos e o seu neto de 4 anos carbonizados no bairro Santa Amélia, em Maceió.
Segundo o chefe de operações da delegacia, Denilson Ferreira, equipes foram até o local para recuperar imagens e realizar diligências com o objetivo de saber detalhes do acidente, como também para identificar o motorista da van, que ainda não foi localizado nem se apresentou à polícia.
Além do uso das imagens para a investigação, a polícia também vai ouvir testemunhas e familiares das vítimas.
O acidente ocorreu na tarde de quinta (23), um dia antes da véspera de Natal. Pessoas que estavam na região contaram que uma van bateu em um poste e os fios de alta tensão caíram sobre um carro estacionado na rua. As vítimas estavam dentro desse veículo.
De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), as pessoas que morreram no acidente foram identificadas como Maria de Lourdes Bezerra Nunes Marques e Rafael Nilo dos Santos Nunes. Os corpos das vítimas foram liberados para sepultamento na sexta (24).
Van bateu em poste e causou acidente com vítimas na Santa Amélia, Maceió
Abdias Martins – TV Gazeta
Carro é carbonizado após acidente com poste e duas pessoas morrem
VÍDEO: Avó e neto morrem carbonizados em acidente em Maceió
Duas pessoas morrem carbonizadas durante acidente em Maceió
Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL
*Estagiário, sob supervisão de Cau Rodrigues
Veja mais notícias da região no g1 AL

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *