‘Papa Mike Cred’: com Antônio das Casinhas, polícia acha propaganda de empréstimo consignado a PMs e tabela de cobranças

‘Papa Mike Cred’: com Antônio das Casinhas, polícia acha propaganda de empréstimo consignado a PMs e tabela de cobranças


Antônio Lúcio Fernandes Forte, apontado como responsável pela contabilidade da milícia de Zinho, foi preso nesta terça-feira (7), em Campo Grande. Milícia oferece empréstimos a PMs e cobra dinheiro até de ambulante
Na ação em que prendeu Antônio Lúcio Fernandes Forte, o Antônio das Casinhas, nesta terça-feira (7), a Polícia Civil do RJ encontrou tabelas de cobranças da milícia e propaganda de empréstimo consignado a PMs, o “Papa Mike Cred”.
Antônio das Casinhas é apontado como braço direito de Luiz Antônio da Silva Braga, o Zinho — irmão de Ecko, morto em junho durante uma operação. Casinhas também é responsável, segundo as investigações, pela contabilidade do grupo paramilitar, o maior em atividade no RJ.
O panfleto apreendido pela polícia anuncia “Faça empréstimo consignado com quem você já conhece” e apresenta três opções de telefone.
Panfleto com propaganda de empréstimo a PMs
Reprodução/TV Globo
Extorsão de autônomos
Na planilha da cobrança da milícia, criminosos extorquem de lojistas, de uma escola e até de autônomos.
Para receber os alunos, um colégio tem que pagar R$ 120 aos bandidos. Uma padaria, R$ 40. A quadrilha cobra R$ 20 de uma marmoraria, de um vendedor de água e de uma manicure.
A polícia também encontrou plantas e propagandas de condomínios ilegais na Zona Oeste do Rio e na Baixada Fluminense.
Em um deles, em Seropédica, os bandidos ofereciam até desconto para quem trabalha na prefeitura.
Contabilidade da cobrança da milícia de Zinho, apreendida com Antônio das Casinhas
Reprodução/TV Globo
Antônio Lúcio Fernandes Forte, o Antônio das Casinhas, no momento de sua prisão
Reprodução

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.