Mulher é estuprada em Florianópolis e companheiro a agride ao descobrir; suspeitos são presos

Mulher é estuprada em Florianópolis e companheiro a agride ao descobrir; suspeitos são presos


Caso aconteceu em Florianópolis. Companheiro da mulher foi detido por violência doméstica e aguardava decisão judicial sobre prisão. Sirene de viatura da PM – 28/02/2021
G1
Duas pessoas foram presas em Florianópolis, na terça-feira (28), após uma mulher ser agredida ao contar para o companheiro que sofreu estupro. A violência sexual teria ocorrido durante a madrugada. Já a agressão, segundo a Polícia Civil, aconteceu depois que a vítima relatou o que havia sofrido.
O companheiro da mulher foi detido por violência doméstica e aguardava decisão judicial se permaneceria preso. O outro, suspeito de estupro, foi levado ao presídio da cidade. Os dois seguiam presos até a manhã desta quarta-feira (29).
Crimes
Segundo informações da Polícia Civil, a vítima e o companheiro tiveram uma discussão durante a madrugada de terça enquanto estavam em uma praia da cidade. Após a briga, ela decidiu voltar sozinha para casa e foi abordada por outro homem, que a levou para a casa dele e a estuprou.
A vítima voltou para a casa e relatou a violência ao companheiro, que a agrediu. A Polícia Militar foi acionada e os dois foram encaminhados à delegacia do bairro Canasvieiras.
No local, ela também falou sobre o estupro, o que fez os policiais irem até a casa do suspeito da violência sexual. Lá, encontraram roupas da vítima e efetuaram a prisão em flagrante. Após o depoimento, a mulher foi levada a um hospital da região.
Em nota, a polícia informou que aguarda os resultados dos laudos periciais na roupa da vítima, e os exames de corpo delito feitos na vítima e no suspeito de estupro.
LEIA TAMBÉM:
Participante de reality é expulso de boate após ser flagrado fazendo sexo
SC tem a 4ª maior taxa de casos de estupros notificados de crianças e adolescentes do país
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 SC nos últimos dias
s
Veja mais notícias do estado no g1 SC

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *