Mulher é achada morta e com marcas no pescoço em casa no litoral de SP; polícia investiga


Caso foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher de São Vicente, que prossegue com as investigações. Vítima foi encontrada morta em sua residência, na Avenida Minas Gerais, em São Vicente, SP
Reprodução
Uma mulher de 50 anos foi encontrada morta em sua residência em São Vicente, no litoral de São Paulo, nesta segunda-feira (6). A vítima, identificada como Sandra Ribeiro, foi localizada pelo filho, no quarto de casa. Segundo a Polícia Militar, ela apresentava marcas no pescoço, que podem indicar enforcamento. A Polícia Civil investiga a possibilidade de feminicídio.
Conforme apurado pelo g1, a PM foi acionada por volta das 16h30 e se dirigiu ao condomínio onde a vítima morava, localizado na Avenida Minas Gerais, no bairro Vila Voturuá, após ela ser localizada pelo filho.
Em entrevista à TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, a cabo Marília, uma das policiais que atenderam à ocorrência, explicou que a equipe foi acionada via Copom para um encontro de cadáver.
“Chegando ao local, encontramos o filho da vítima, que estava tentando contato com a mãe desde sábado, mas não teve resposta. Ele chegou hoje à tarde, sentiu falta da mãe, o quarto estava trancado, e quando ele olhou pela fresta da fechadura, viu o pé da mãe”, diz.
Segundo a policial, o filho da vítima, então, arrombou a porta e encontrou a mãe. “Ela já estava sem vida. Ela tinha marcas no pescoço, que constata que ela foi vítima de enforcamento”, diz a cabo.
Em nota, a Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), informou que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu ao chamado, na tarde desta segunda, de uma mulher em parada cardiorrespiratória, mas, chegando ao local, foi constatado que a paciente já estava em óbito evidente, e o Samu acionou a PM, que acionou a Polícia Civil para prosseguir com a ocorrência.
O caso foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São Vicente, onde seguirá sob investigação da Polícia Civil. Ainda não há informações sobre a autoria do suposto crime.
Carro funerário foi até condomínio retirar o corpo da vítima em São Vicente, SP
Vinícius Rangel/g1
VÍDEOS: As notícias mais vistas do g1

Use ← →para continuar navegando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.