‘Medo de morrer de noite, no escuro’, relata mulher que viu casa desmoronar por causa da chuva na Bahia

Casa é demolida pela chuva em Laje, no interior da Bahia
"Não tenho preparo emocional para vivenciar isso. Foi muito assustador. A gente de madrugada, no escuro. O barulho do rio, que estava muito alto. Um medo de morrer de noite, no escuro, sem saber para onde a gente estava indo".
BALANÇO: Mais de 471 mil pessoas são afetadas e milhares estão desabrigados e desalojados
SOLIDARIEDADE: Saiba como ajudar moradores das cidades afetadas pelas chuvas na Bahia
VÍDEOS: Veja as imagens mais impactantes das chuvas
O relato desesperador é da empresária Luciana Cavalcante. Naturais de Salvador, ela, o marido e as três filhas buscaram a tranquilidade da cidade de Laje, a 235 km na capital, para abrir o próprio negócio: uma ótica.
Uma quinzena antes do Natal, a família teve o primeiro impacto com a cheia do Rio Jequiriçá. Morando em uma localidade ribeirinha, Luciana tentou evitar a tragédia, mas a força do rio foi maior.
"A primeira enchente foi 15 dias antes do natal. Nossa casa foi invadida, perdemos algumas coisas, mas nada grave. Só que a gente não esperava que depois do Natal voltasse a encher tanto. Fizemos contenções, botamos coisas para o alto, mas a água subiu muito rápido e não deu tempo de tirar tudo", destacou ela.
Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.
Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻
Ouça 'Eu Te Explico' 🎙

Use ← →para continuar navegando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.