Mais de 50 postos de combustíveis são fiscalizados durante a Operação ‘Alerta Vermelho’ em Divinópolis

Segundo o Corpo de Bombeiros, três estabelecimentos receberam sanção administrativa por irregularidades encontradas. O 10º Batalhão do Corpo de Bombeiros aplicou uma sanção administrativa em três postos de combustíveis em Divinópolis durante a Operação ‘Alerta Vermelho’, realizada na última sexta-feira (3). A corporação não detalhou quais foram as irregularidades encontradas nestes locais.
A operação fiscalizou, ao todo, 56 postos na cidade. A assessoria de imprensa da corporação informou g1 nesta quarta-feira (8) que a sanção aplicada é uma advertência escrita, com prazo de 60 dias para regularização junto ao Corpo de Bombeiros.
Ainda segundo a assessoria, após o prazo estipulado uma equipe do Corpo de Bombeiros retornará aos locais para averiguação por iniciativa própria. Caso as irregularidades permaneçam o posto poderá ser multado.
A ação consiste em realizar orientações e prevenção em áreas comerciais. A operação ocorreu simultaneamente em todo o Estado.
'Alerta Vermelho'
A ação promove averiguação de itens como o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), saídas de emergência, sinalização, iluminação de emergência, extintores, instalações elétricas, equipamentos de refrigeração, entre outros, segundo os militares.
A Operação "Alerta Vermelho" começou em 2017, mas, neste ano, foi paralisada por causa da pandemia. A ação é dividida em duas fases: nos dois primeiros anos, em 2017 e 2018, o trabalho foi no sentido de orientação e prevenção. De 2019 até então, o trabalho ocorre no sentido de fiscalização e prevenção.
VÍDEOS: veja tudo sobre o Centro-Oeste de Minas

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.