Mais de 110 mil motoristas não pagaram o IPVA 2021 em Uberlândia

Mais de 110 mil motoristas não pagaram o IPVA 2021 em Uberlândia


Isso significa que a Receita Estadual deixou de arrecadar mais de R$ 43 milhões. Para 2022, situação do imposto segue indefinido em Minas Gerais. Foto de arquivo de fila de veículos
SET-RN/Divulgação
A poucos dias de 2022, cerca de 28% dos motoristas ainda não pagaram o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) do ano de 2021 em Uberlândia. Conforme a Receita Estadual, foram mais de 110 mil motoristas que não quitaram o imposto deste ano, o que representa mais de R$ 43 milhões que o órgão deixou de arrecadar.
IPVA 2022: entenda por que Minas chega à última semana do ano sem divulgar valores e calendário
“Nós acreditamos que isso ocorreu principalmente pelas dificuldades financeiras decorrentes dos efeitos da pandemia, mas também tendo em vista a prorrogação da exigência do documento de licenciamento, que ocorreu durante o período de pandemia”, explicou o chefe da administração fazendária Pedro Antônio Alves.
Ainda conforme Alves, a partir do dia 1º de janeiro de 2022, todos os proprietários de veículos já devem ter providenciado o licenciamento do mesmo com relação ao exercício de 2021.
“Por isso, nós orientamos para que os inadimplentes que procurem regularizar de forma mais rápida possível”, completou.
Indefinição para 2022
Para 2022, a situação do imposto segue indefinido em Minas Gerais, já que o Estado ainda não divulgou os valores e a escala de vencimentos do IPVA.
"A Receita Estadual ou a Secretaria de Fazenda ainda não realizou a publicação da tabela com os valores do IPVA e terá também a escala de vencimentos. Então os contribuintes devem aguardar a publicação da resolução que trará todas essas resoluções", detalhou Alves.
Em nota enviada à TV Integração, a assessoria do Governo de Minas disse que a questão referente sobre o IPVA 2022 ainda está sob análise. O Governador Romeu Zema (Novo) tem até o dia 7 de janeiro para fazer a definição.
Em publicação feita na segunda-feira (27) nas redes sociais, Zema disse que está conversando com os Prefeitos para trazer uma solução.
A demora, neste ano, tem relação com um imbróglio envolvendo o estado e a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).
VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *