Jovem de 18 anos é sequestrada e agredida pelo ex-namorado em Sarzedo, na Grande BH

Jovem de 18 anos é sequestrada e agredida pelo ex-namorado em Sarzedo, na Grande BH


Suspeito e outros dois comparsas colocaram vítima à força em um carro, que só foi localizado em Ibirité. Houve troca de tiros com a polícia. Vítima foi sequestrada na Rua Rio Negro, em Sarzedo, na Grande BH
Google Maps/ Reprodução (imagem capturada em setembro de 2018)
Uma jovem de 18 anos foi sequestrada e agredida pelo ex-namorado, de 22, em Sarzedo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite desta quarta-feira (15).
O homem e outros dois comparsas são suspeitos de colocar a vítima à força em um carro, encontrado em Ibirité, também na Grande BH, após troca de tiros com a polícia.
A mãe da jovem acionou a Polícia Militar (PM). Ela contou que estava andando com a filha e o ex-namorado dela, identificado como Fabrício Gonçalves Martins, em direção ao trabalho, quando ele perguntou para a jovem: "Você não vai voltar mesmo para mim?".
Quando ela respondeu que não, surgiu um veículo com dois homens. Um deles puxou a jovem para o interior do carro. A mãe tentou segurar a filha, mas o suspeito apontou uma arma para ela e a ameaçou de morte. Em seguida, Fabrício embarcou e fugiu com eles.
Os policiais acionaram o proprietário do veículo, que disse que emprestou o automóvel a Fabrício sem saber que ele cometeria o crime. Com a ajuda do rastreador da seguradora, o carro foi localizado em Ibirité, onde os militares montaram uma operação de cerco e bloqueio.
Eles seguiram o veículo pela BR-381 e BR-262. Houve troca de tiros entre os suspeitos e os policiais. A perseguição só terminou quando Fabrício perdeu o controle da direção e colidiu contra uma árvore.
Ele desembarcou a correu por uma mata. A vítima foi resgatada e disse que não havia mais ninguém dentro do carro.
A jovem contou que morava com Fabrício há cerca de três anos, mas terminou o relacionamento após começar a sofrer agressões físicas. Ela disse que vinha sendo ameaçada pelo homem.
Segundo a vítima, durante o sequestro, ela recebeu diversas ameaças de morte. Ele disse que iria atropelá-la e ainda a agrediu com socos.
A jovem também afirmou que os dois homens que estavam com Fabrício desembarcaram em Ibirité e que um deles comentou que iria para o hospital da cidade porque estava com os pés machucados.
O suspeito, identificado como Guilherme Henrique Gomes da Silva, de 22 anos, foi preso na unidade hospitalar. Fabrício e o outro comparsa não foram localizados.
Vídeos mais vistos no g1 Minas:

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.