Jovem atropelado enquanto trocava pneu em Ribeirão Preto, SP, ia se casar em janeiro

Jovem atropelado enquanto trocava pneu em Ribeirão Preto, SP, ia se casar em janeiro


'Estava contando os dias', diz noiva Viviane Antunes. Ela e Lucas Piola estão juntos há mais de um ano tinham cerimônia marcada para o dia 7. Vendedor não tem previsão de alta. Lucas Piola e Viviane Antunes estavam com casamento marcado para 7 de janeiro, mas atropelamento em Ribeirão Preto, SP, adiou os planos
Arquivo Pessoal
O vendedor Lucas Emanuel Castilhos Piola, de 21 anos, atropelado enquanto trocava o pneu de um carro na Avenida Luzitana, em Ribeirão Preto (SP), na noite de quinta-feira (23), estava com o casamento marcado para 7 de janeiro.
Ele se recupera do acidente na unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC) da cidade e não tem previsão de alta. O pai dele, o vendedor Flávio Rubens Piola, de 49 anos, também foi atropelado, mas morreu no local.
De acordo com a noiva de Lucas, Viviane Aparecida Martins Antunes, os dois estão juntos há um ano e um mês e já tinham praticamente tudo pronto para a cerimônia. A celebração, agora, está sem data definida.
"Não está sendo fácil, não. A gente estava organizando as coisas para o casamento, nosso apartamento já estava montado, a data marcada para o casamento, a roupa do casamento já tinha comprado. Já estava tudo encaminhado. Ele estava muito feliz e contando os dias. Ele olhava para mim: 'Olha, está faltando tantos dias'. Agora, com essa situação, a gente vai ter que mudar a data do casamento", disse.
Lucas e Viviane estão juntos há um ano e terão que remarcar data do casamento; Ribeirão Preto, SP
Arquivo Pessoal
Estado de saúde de Lucas
Segundo Viviane, o noivo ainda está em coma induzido, mas vem apresentando melhoras nos últimos dias.
"Domingo (26) já tinha tirado dois remédios dele, ele estava reagindo muito bem. Ele está apresentando melhoras a cada dia, graças a Deus."
A tia de Lucas, Leila Piola, afirmou que ele passou por duas cirurgias no sábado (25), sendo uma para colocar uma válvula no crânio para tirar um líquido acumulado e outra para corrigir uma fratura exposta no braço direito.
Ainda de acordo com Leila, o sobrinho está com gaiola ortopédica por conta de outras fraturas no quadril e na perna, o que impossibilita saber se o rapaz ficará com alguma sequela.
“Estamos esperando o efeito dessa cirurgia no crânio. Daqui a três dias que eles vão falar se desinchou, se teve sucesso ou não, porém mesmo com essa válvula ele corre o risco de pegar uma infecção e ficar generalizada, então assim, o estado dele ainda é grave, requer muitos cuidados”, explicou a tia.
Lucas, de 21 anos, entre os pais Flávio Rubens Piola e Mara, durante festa em Ribeirão Preto, SP
Arquivo Pessoal
Atropelamento e morte

g1/g1
Veja o atropelamento que terminou com uma morte e um ferido em Ribeirão Preto
O atropelamento aconteceu por volta das 23h30 de quinta-feira. Pela câmera de segurança (veja acima), é possível ver pessoas ao lado de um carro estacionado na Avenida Luzitana. De acordo com informações da Polícia Civil, elas trocavam um pneu furado de um Ford Fiesta.
LEIA TAMBÉM:
'Passaríamos o Natal juntos', diz irmã de homem que morreu atropelado enquanto trocava pneu
'Motorista estava em alta velocidade', diz mulher que testemunhou morte do marido atropelado
Pouco tempo depois, um automóvel, identificado como uma Renault Duster, se aproxima demais e atinge Lucas e Flávio.
Na imagem, é possível ver que uma da vítimas é projetada para cima, enquanto outra é arremessada, também a metros de distância, mas pelo chão.
Imagens de câmera de segurança mostram Lucas em pé, conversando com a mulher, enquanto Fábio está agachado, trocando o pneu; em seguida, farol do carro que atropela pai e filho em Ribeirão Preto, SP
Reprodução/Câmeras de segurança
No vídeo também aparecem outras pessoas que não foram atingidas correndo atrás dos que foram atropelados. Uma delas, visivelmente apreensiva, chega a cair antes de tentar socorrer as vítimas.
Questionada pela polícia, a motorista disse que apagou ao volante porque estava muito cansada depois de ter ido com a filha para uma unidade de pronto atendimento da cidade. Ela foi submetida ao teste do bafômetro, que não apontou consumo de bebida alcoólica. Depois, a mulher foi liberada.
A motorista deve responder por homicídio culposo, ou seja, cometido sem intenção de matar, e lesão corporal culposa na direção de veículo.
As autoridades solicitaram laudos ao Instituto de Criminalística e ao Instituto Médico Legal.
O vendedor Flávio Rubens Piola, de 49 anos, morreu atropelado enquanto trocava pneu de carro em Ribeirão Preto
Arquivo pessoal
Veja mais notícias da região no g1 Ribeirão Preto e Franca
VÍDEOS: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *