Idosa atira em mulher que o acusou de assédio contra filha de 8 anos no ES

Idosa atira em mulher que o acusou de assédio contra filha de 8 anos no ES


O caso aconteceu na Serra e a mulher disse que já fez boletim de ocorrência contra o comerciante, que teria abusado da menina O caso aconteceu no bairro José de Anchieta III, na Serra, e revoltou moradores do local
Reprodução/TV Gazeta
Um homem de 62 anos atirou contra uma mulher de 30 anos após ela acusá-lo de assediar sua filha, uma menina de apenas 8 anos. O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (27), em José de Anchieta III, na Serra, e, apesar do susto, a mulher não saiu ferida.
De acordo com o relato da vítima e do namorado dela, as ameaças do comerciante começaram na praça do bairro. Após uma discussão, ela foi para casa, pediu para a menina entrar e ficou conversando com o namorado no portão.
Nesse momento, eles perceberam que o comerciante passava próximo a eles e, ao chegar na esquina, efetuou os disparos, que não chegaram a atingir as vítimas da tentativa de homicídio. Depois ele teria ido para a casa normalmente, como se nada tivesse acontecido.
Segundo a mulher informou no relatório policial, após a tentativa de homicídio, ela chamou a polícia. Ao chegar à casa do acusado, os policiais prenderam o homem e apreenderam duas armas guardadas na residência e no bar de propriedade do suspeito.
O bar fica próximo à casa da vítima e, segundo parentes e vizinhos, o idoso teria um sentimento doentio pela menina e até sente ciúme dela com o padrasto.
O início da discussão e a motivação da tentativa de homicídio contra a mulher é porque ela teria repreendido o homem por seu comportamento com a menina. Ela já chegou a abrir ocorrência contra ele.
Moradores do bairro José de Anchieta estão revoltados. Dizem que há cerca de seis meses o homem abusou da menina de oito anos. A mãe denunciou, mas o homem não ficou preso.
O namorado da mãe diz que o acusado nega os abusos, mas que a própria menina teria relatado que ele chamou a criança para dentro da sua casa, oferecendo doses e acariciando a menina.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *