Homens são presos após furtar e matar porca para vender carne no interior do RN

Homens são presos após furtar e matar porca para vender carne no interior do RN


Proprietário do animal diz que porca estava amojada – prestes a parir. Caso aconteceu em Baraúna, no Oeste potiguar. Carcaça do animal roubado foi encontrada pelo dono em mercado de Baraúna, no Oeste potiguar
Cedida
Dois jovens com idades de 19 e 22 anos foram presos pela Polícia Civil após furtar e matar uma porca em Baraúna, no Oeste potiguar. Segundo a corporação, o dono do animal percebeu o sumiço da matriz e ainda encontrou a carcaça à venda no mercado do município.
As prisões aconteceram na última sexta-feira (3), mas só foram divulgadas nesta segunda (6). Segundo relato da vítima à polícia, ele teria ido ao criadouro, pôr ração para os animais e, no dia seguinte, notou a falta de uma porca matriz amojada (prestes a dar a luz).
No local, ele viu rastros de pneus de carro que o conduziram até um abatedouro clandestino que pertence a um dos presos. No imóvel, ele achou uma corda que estava amarrada na porca.
Diante da situação, o proprietário do animal foi até o mercado central da cidade, onde o suspeito possui uma banca de carne. Lá, reconheceu a carcaça da porca, já pronta para venda, por causa da pata do animal, que tinha uma deficiência.
"A partir disso, a vítima se dirigiu até uma unidade policial para registrar a ocorrência e, em seguida, a equipe se deslocou até o mercado, onde foi evidenciado o crime de furto. A carne foi apreendida e dada voz de prisão em desfavor dos suspeitos, que confessaram a prática do crime", informou a Polícia Civil.
Os dois suspeitos foram levados até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.