Halo solar é registrado no céu de Teresina nesta terça-feira (28)

Halo solar é registrado no céu de Teresina nesta terça-feira (28)


O halo significa a presença de umidade no céu e que pode haver chuvas em breve. Halo solar é registrado no céu de Teresina nesta terça-feira (28)
Andrê Nascimento/g1
Teresina registrou na manhã desta terça-feira (28) o fenômeno do "halo solar" que, segundo o climatologista Werton Costa, indica principalmente a forte presença de umidade no céu e que a chuva se aproxima.
Segundo o professor, o halo solar tem características semelhantes ao arco-íris, é basicamente a refração da luz do sol.
No caso do halo, a radiação atravessa cristais de gelo presentes nas nuvens cirrus, que são nuvens congeladas e localizadas a grandes altitudes.
Halo solar é registrado no céu de Teresina nesta terça-feira (28)
Andrê Nascimento/g1
"O halo ocorre com a presença de dois elementos: luminosidade solar e nuvem fibrosa, congelada, as cirrus, que são nuvens altas, formadas por minúsculos cristais de gelo, que quando são atravessados pelos raios solares fracionam a luz solar produzindo o efeito de iridescência", explicou.
Ele destacou que o halo solar tem um grande significado meteorológico. "As nuvens cirrus e o halo solar indicam positivamente o transporte de umidade no topo do céu: quando há halo solar, a chuva se aproxima", disse.
Confira as últimas notícias do g1 Piauí
VÍDEOS: Assista às notícias mais vistas da Rede Clube

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *