Governo decide prorrogar sobretaxa do IOF até 2023 para bancar desoneração da folha

Integrantes da equipe econômica e do Palácio do Planalto confirmaram ao blog nesta quarta-feira (29) que o governo federal vai prorrogar a sobretaxa do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) até 2023.
Segundo essas fontes, a extensão é necessária para bancar a desoneração da folha de pagamentos das empresas, aprovada pelo Congresso Nacional e que ainda aguarda sanção do presidente Jair Bolsonaro.
A desoneração vale para os 17 setores da economia que mais empregam no país, cerca de 6 milhões de trabalhadores.
O Congresso aprovou o Orçamento 2022 sem previsão de recursos para a desoneração. Segundo fontes do governo, a medida deve ser sancionada até a próxima sexta-feira (31).
Segundo cálculos, são necessários R$ 6 bilhões para bancar a prorrogação da desoneração.

Use ← →para continuar navegando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.