França proíbe viagens não essenciais entre o país e o Reino Unido

Franceses querem evitar aumento de contágios pela variante ômicron do coronavírus. Parlamento do Reino Unido vota Plano B para frear ômicron enquanto população enche postos para tomar reforço de vacina anticovid
A França anunciou nesta quinta-feira (16) que as viagens não essenciais entre o país e o Reino Unido serão proibidas a partir de sábado (18) devido à rápida propagação da variante ômicron da Covid-19 entre os países britânicos.
A partir de meia-noite de sábado (20h de Brasília de sexta-feira), os viajantes, vacinados ou não, deverão ter uma razão importante para ir ou voltar do Reino Unido, apresentar um teste negativo e comunicar um endereço na França, informou o governo em um comunicado.
Leia também
Reino Unido começa a testar vacina sem agulha contra a Covid
Reino Unido tem primeira morte por variante ômicron da Covid-19
Reino Unido tem 10 hospitalizados com ômicron; governo fala em alta taxa de reinfecção por Covid-19
Além disso, o isolamento será indispensável na chegada, em um local escolhido pelos viajantes e durante sete dias. A medida poderá ser retirada após 48 horas se o teste feito no desembarque apresentar resultado negativo, afirmou o porta-voz do governo, Gabriel Attal.
Os cidadãos franceses e suas famílias não precisarão de uma razão importante para retornar do Reino Unido, mas devem cumprir os outros requisitos. Dessa forma, a França limita as viagens de turismo e profissionais para os não residentes.
O Reino Unido, onde a variante ômicron do coronavírus avança com grande velocidade, registrou na quarta-feira o recorde de casos diários de Covid-19 (78.610) desde o início da pandemia, de acordo com os números oficiais.
A França detectou 240 casos de ômicron, mas o número provavelmente é maior, afirmou Attal, que justificou a medida como uma maneira de frear a propagação enquanto o país acelera a vacinação com as doses de reforço.
Veja os vídeos mais assistidos do g1

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.