Festa da Penha 2022 terá saúde como tema

Festa da Penha 2022 terá saúde como tema


Próxima edição do maior evento religioso do Espírito Santo será realizada entre os dias 17 e 25 de abril. Terço instalado no Convento da Penha para a Festa da Penha 2021
Fabrício Christ/TV Gazeta
A próxima edição da Festa da Penha, que acontece entre os dias 17 e 25 de abril, terá como tema “Saúde dos enfermos, rogai por nós”, trecho da Ladainha de Nossa Senhora.
De acordo com a organização, a escolha é uma alusão tanto ao início da retomada quanto à cautela que ainda precisamos ter neste período de pandemia.
Relembre a cobertura da edição 2021 na página especial do g1
A 452ª Festa da Penha foi lançada na manhã desta quarta-feira (8) na Sala de Exposições do Convento da Penha, em Vila Velha, para imprensa, patrocinadores e presença de diversas autoridades, quando foram apresentados ainda a marca do evento e os planos sobre o formato da festa.
“Vamos trabalhar o tema da Festa nos oito dias do Oitavário na perspectiva ampla de saúde, que deve ser para todos e não apenas do corpo, mas também emocional, da fé, das relações e do planeta. Mostrarmos Maria como o caminho de saúde e salvação. Diante dos dramas atuais, são muitas as curas das quais a humanidade precisa. Maria, saúde dos enfermos, pode ser inspiração para que, pela fé, aqueles que creem busquem, pessoal e comunitariamente, trabalhar pela saúde integral e pela cura das doenças mais profundas que afligem a nossa humanidade”, disse o frei Pedro de Oliveira.
A comissão organizadora da Festa da Penha disse que está trabalhando para realizar a festa com o maior alcance cultural e religioso possível, respeitando as medidas sanitárias.
“As autoridades é que irão nos acenar o formato da festa. Estamos nos programando com os diversos cenários possíveis. Vamos ter atrações musicais e elas serão transmitidas nas redes sociais. Se terão público presencial e em que quantidade, isso será definido conforme as restrições recomendadas – ou não – pelas autoridades entre os dias da festa. Também manteremos o programa Salve Mãe das Alegrias, com alcance maior de convidados e apresentadores. Pretendemos levar a imagem da santa a mais municípios, a exemplo do que foi feito na última edição, quando Nossa Senhora foi levada ao Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. Em breve, anunciaremos a programação. O importante é que os fiéis fiquem tranquilos, pois teremos a Festa da Penha da melhor e mais segura forma possível”, destacou o padre Renato Criste.
Desde agosto, as equipes já vêm se reunindo para preparar as homenagens à padroeira dos capixabas. A comissão organizadora tem aliado forças à iniciativa privada e comunidades para que abracem o evento genuinamente capixaba.
Entre os dias da festa, de 17 a 25 de abril, haverá dois feriados: 21, que é nacional, dia de Tiradentes, e o outro dia 25, feriado estadual de Nossa Senhora da Penha. Com isso, a expectativa é que público esteja ainda mais presente na programação do evento.
A Festa da Penha está entre os maiores e mais antigos eventos religiosos do Brasil.
Arte da Festa da Penha 2022 traz Nossa Senhora com os menino Jesus aos braços pintada em aquarela
Divulgação/Festa da Penha
Arte da edição 2022
A arte da Festa da Penha 2022 traz Nossa Senhora com os menino Jesus aos braços pintada em aquarela.
Segundo a organização, a ilustração, que estará em peças de divulgação do evento, remete aos novos tempos de esperança e alegria e também relembra a obra que deu origem à história do Convento: a tela trazida por frei Pedro Palácios.
“A mãe nos incentiva a não perdermos a esperança e a não permanecermos somente nas dores, essa é a mensagem que queremos passar nas homenagens à Nossa Senhora das Alegrias em 2022”, disse o frei Pedro de Oliveira.
Em 1558, frei Pedro Palácios, vindo de Portugal, trouxe para Vila Velha um quadro de Nossa Senhora das Alegrias e numa gruta ao pé da montanha reunia moradores da região, escravos e indígenas para rezar diante da pintura.
Segundo a história, esse quadro sumiu várias vezes para sempre reaparecer no alto do morro. Pedro Palácios, então, entendeu que deveria construir uma capela no topo do morro e mandou vir de Portugal uma imagem que logo ficou conhecida como Nossa Senhora da Penha, nome dado pelo povo por causa da localização da igreja: Penha significa pedra, rochedo.
A Festa da Penha é sempre uma fonte de inspiração para artistas, fotógrafos, poetas e escritores. Desta vez ela é o tema de uma pequena coleção de semijoias, feita especialmente em alusão ao evento que homenageia a padroeira capixaba.
São cinco peças elaboradas por Erica Frank, da Haia, sendo três colares e duas pulseiras que têm uma medalha que remete ao vitral símbolo da Festa da Penha. As peças variam de R$ 66 a R$ 83 e em breve poderão ser adquiridas também na loja da secretaria do Convento da Penha. As semijoias passam a integrar o leque de produtos alusivos à festa.
Missa de encerramento da Festa da Penha de 2021 foi transmitida pelo g1 e pela TV Gazeta
Vídeos: tudo sobre o Espírito Santo
Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.