Estudante acusa namorado de jogá-la de carro em movimento durante briga por celular no AC; veja vídeo

Estudante acusa namorado de jogá-la de carro em movimento durante briga por celular no AC; veja vídeo


Lucas Oliveira, conhecido por criar grupo para ajudar crianças com câncer, nega que tenha empurrado e diz que ela se jogou do veículo em movimento. Briga começou porque ele queria ver o celular da vítima. Câmera flagra momento em que jovem cai de carro durante briga com namorado no AC
Uma câmera de segurança flagrou o momento em que a estudante Emely Juliana, de 22 anos, cai de um carro em movimento durante uma briga com o namorado Lucas Oliveira, de 26. O caso ocorreu na madrugada de domingo (26) na Avenida Antônio da Rocha Viana, em Rio Branco e as imagens começaram a circular na internet somente nessa terça (28). (Veja o vídeo acima).
Após receber atendimento médico devido aos vários ferimentos pelo corpo, a vítima registrou um boletim de ocorrência na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), que concedeu uma medida protetiva ainda na segunda.
O advogado de Lucas, Fábio Santos, disse que ele nega que tenha empurrado a namorada do carro e que ela se jogou. A defesa afirmou ainda que outras imagens devem ser entregues na delegacia para confirmar as alegações do rapaz.
Ao g1, a jovem contou que ela e o namorado estavam na casa de um amigo do pai dela quando ele pediu para olhar o celular dela e ela recusou. Logo, eles se desentenderam e resolveram ir embora. No caminho de casa, a briga ficou mais intensa e ele começou a acelerar o veículo.
Jovem cai de carro em movimento durante briga com namorado no Acre
Reprodução
Emely disse que chegou a abrir a porta do carro várias vezes na tentativa descer, mas ele continuava acelerando e fazendo manobras dando voltas. Até que em determinado momento ele reduziu a velocidade e ela achou que ele iria parar o carro.
“Eu pedia para ele parar o carro, mas ele não parava, ficava dando voltas no carro e isso ele tentando pegar meu celular. Eu não conseguia ligar pra ninguém porque toda vez que eu pegava meu celular, ele tentava puxar. Até que ele reduziu como se fosse parar, eu abri a porta e então ele acelerou muito rápido, e quando eu fui tentar fechar a porta com medo de cair, eu senti o empurrão, ele me empurrou. Ele em nenhum momento tentou me ajudar, ele desceu do carro e foi logo pegando meu celular”, contou a jovem.
Pelas imagens é possível ver o momento em que ela cai, bate a cabeça e fica deitada no meio da rua. O homem para o carro mais na frente, desce e vai até ela. Alguns segundo depois, ele pega o celular que estava no bolso da jovem e ela consegue se levantar e tenta pegar o aparelho.
Já próximo ao carro novamente, ele a empurra e depois ela se senta na calçada. Depois disso, Emely contou que Lucas ficou com o carro parado em rua próxima e que algumas pessoas se aproximaram.
Jovem ficou com vários ferimentos pelo corpo após cair do carro durante briga com namorado no AC
Arquivo pessoal
Ela foi levada por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a UPA da Sobral e depois registrou a ocorrência na delegacia.
A jovem contou ainda que os dois namoravam há cerca de sete meses e que há quatro meses estavam morando juntos. Também por ciúmes, ela relatou que o rapaz já chegou a empurrá-la em outra briga.
Lucas foi candidato a deputado estadual no Acre pelo PSL nas últimas eleições em 2018. Em 2016, o g1 contou a história dele que, após ficar quase um ano internado devido a um acidente de carro, saiu do hospital determinado a ajudar as pessoa e montou o Movimento de Apoio à Criança com Câncer (MACC).
Lucas Oliveira nega que tenha empurrado namorada para fora do carro durante briga em Rio Branco
Arquivo pessoal
O que diz a defesa
O advogado Fábio Santos afirmou que o vídeo que circula nas redes sociais foi acelerado e que seu cliente não estava em alta velocidade. Ele disse ainda que Lucas informou que sua namorada já vinha ameaçando se atirar do carro e que ela estava alcoolizada.
“Analisando a imagem de uma maneira superficial, a primeira onde a jovem vai ao solo, a imagem está acelerada. O carro nem teria como estar em alta velocidade, porque logo em seguida, na esquina, já é uma rotatória. Então essa imagem está acelerada, não é fidedigna. A jovem acusa o Lucas de ter empurrado ela, e ele diz que ela vinha ameaçando se atirar do carro desde a outra pista e isso é fácil de comprovar porque temos outras imagens que comprovam essas alegações. Ele disse que não a empurrou e que ela se atirou”, afirmou o advogado.
Santos disse ainda que seu cliente cumpre a medida protetiva. “Ele alega inocência a todo momento, vai contribuir com a autoridade policial assim que for intimado, vai prestar todos os esclarecimentos. Ele informa que ela estava bastante alcoolizada, que outras pessoas vieram prestar auxílio e ele só não ficou para levá-la para casa ou prestar outro auxílio porque logo que ele volta, as pessoas o hostilizaram.”
No entanto, a jovem alega que o namorado não tentou ajudá-la em nenhum momento e que, logo após deixá-la na rua, ele já mandou um áudio para ela afirmando que ela que tinha se jogado do carro e não ele empurrado. Emely contou ainda que Lucas chegou a ligar chorando para o pai dela para contar que ela tinha se jogado do carro e que não deixou que ele a ajudasse.
Vídeos: g1 em 1 Minuto

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.