Escolas municipais do Rio não vão reprovar alunos por nota, só por frequência

Escolas municipais do Rio não vão reprovar alunos por nota, só por frequência


Segundo Renan Ferreirinha, secretário de Educação, 2021 foi um 'ano atípico'. Rede municipal tem mais de 600 mil estudantes. As escolas municipais do Rio não vão reprovar os alunos por nota esse ano. Só vai ser reprovado quem não tiver frequência mínima, seja nas aulas presenciais ou on-line.
A rede municipal tem mais de 600 mil estudantes.
Segundo o secretário Renan Ferreirinha, o ano de 2021 foi "atípico, excepcional", por conta da pandemia.
“A gente ainda está passando pela pandemia. A gente precisa ter a sensibilidade de reconhecer isso. E a gente no Rio de Janeiro foi pioneiro na retomada das aulas presenciais. A gente começou esse processo lá em fevereiro, que foi feito de forma gradual, podendo voltar com todos os alunos na medida em que as condições foram melhorando", disse o secretário em entrevista do Bom Dia Rio.
"A gente precisa ter a noção que o mais importante nesse momento é o retorno desse aluno para a escola. E o que a gente vem fazendo nos últimos meses é um grande esforço de retomar com todos os alunos para a escola. Lugar de criança é na escola".
Segundo ele, os especialistas dizem que nesse momento é preciso ter o chamado "contínuo curricular".
"O que seria isso? Basicamente, que 2021 e 2022 sejam uma sequência, como a gente fez com 2020 e 2021. Durante 2022, nós ainda teremos conteúdos que serão para reforçar o conteúdo de 2021".
Secretário Renan Ferreirinha diz que 2021 foi um 'ano atípico'
Reprodução/TV Globo

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.