‘Era uma mãe que eu tinha’, diz genro de idosa que morreu em acidente de ônibus na BR-381

‘Era uma mãe que eu tinha’, diz genro de idosa que morreu em acidente de ônibus na BR-381


Acidente deixou duas pessoas mortas e 34 feridas, em João Monlevade, na Região Central de Minas Gerais. Entrevista de Marcos Daimon Rodrigues de Oliveira, que perdeu a sogra no acidente
"Minha preocupação era procurar minha família. Achei minha esposa, mas minha sogra, não. Ela não respondia. Ficamos sabendo agora no hospital que ela veio a óbito".
Este é o relato do borracheiro Marcos Daimon Rodrigues de Oliveira, que estava no ônibus da Buser que saiu da pista e caiu em uma ribanceira, na BR-381, em João Monlevade, na Região Central de Minas Gerais, na madrugada desta quarta-feira (29).
Acidente com ônibus da Buser deixa dois mortos e 34 feridos na BR-381, em João Monlevade
A sogra dele, Maria da Piedade da Silva, de 64 anos, é uma das duas vítimas mortas no acidente. Francisco de Assis Pereira de Araújo, de 50, também não resistiu. Outras 34 pessoas ficaram feridas.
"Dói demais, era uma mãe que eu tinha", disse Marcos.
Acidente com ônibus fretado deixa mortos e feridos na BR-381
Ele contou que estava dormindo quando o ônibus capotou. Marcos foi arremessado para fora do veículo e ficou ferido, mas ainda ajudou a socorrer outros passageiros.
"Acordei com o ônibus virando, dando cambalhota (…) Foi muito feio, eu nem sei, na hora a gente fica bobo, mas fiquei chamando minha família", afirmou.
Marcos Daimon Rodrigues perdeu a sogra em acidente de ônibus em João Monlevade
TV Globo
As duas vítimas que morreram no acidente foram encaminhadas ao Posto Médico Legal de João Monlevade. Elas foram submetidas ao exame de necropsia, que apontou traumatismo craniano como causa da morte. Segundo a Polícia Civil, os corpos foram liberados no fim da manhã.
O acidente
O ônibus saiu de Belo Horizonte com destino a Guarapari, no Espírito Santo, quando saiu da pista, na BR-381, na Região Central de Minas Gerais, e caiu em uma ribanceira de 40 metros. Parte do veículo ficou submersa em um córrego.
'Minha amiga foi arremessada', diz passageira de ônibus que sofreu acidente em João Monlevade
O acidente ocorreu a apenas 7 quilômetros da Ponte Torta, em João Monlevade, onde outro grave acidente deixou 17 pessoas mortas há um ano.
Ônibus saiu da pista e caiu em uma ribanceira
Reprodução/Redes Sociais
Havia 47 pessoas no veículo, contando com o motorista. O condutor chegou a fazer o teste do bafômetro, mas o exame não constou uso de álcool. Ele disse aos policiais que teve um mal súbito e perdeu o controle da direção.
Ônibus seguia com destino a Guarapari, no Espírito Santo
Reprodução/Redes Sociais
Vítimas graves
De acordo com a assessoria do Hospital Margarida, de João Monlevade, duas das vítimas chegaram na unidade em estado grave, e foram levadas direto para o bloco cirúrgico.
O motorista do ônibus e outros dois passageiros foram encaminhados para o Hospital Nossa Senhora das Dores, na cidade de Itabira, também na Região Central.
O Corpo de Bombeiros informou que foram necessárias quatro guarnições para atendimento da ocorrência, além do apoio de Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Samu, Polícia Civil e socorristas locais.
A pista sentido Espírito Santo foi liberada pela PRF-MG às 03h10.
Ônibus fretado seguia de para o Espírito Santo
Júlio César Santos/TV Globo
O que diz a Buser
Em nota, a Buser lamentou o acidente. Veja a resposta da empresa na íntegra:
"A Buser lamenta profundamente o acidente ocorrido na madrugada desta quarta-feira (29/12), no KM 356 da BR-381, em João Monlevade, região Central de Minas Gerais, e informa que, juntamente com a parceira Jundiá, vem prestando todo o apoio aos envolvidos, além dos esclarecimentos necessários às autoridades policiais.
O ônibus viajava de Belo Horizonte (MG) com destino a Guarapari (ES). A plataforma esclarece que as causas oficiais do acidente estão sendo apuradas em perícia por órgãos competentes. Ao se solidarizar com familiares e amigos das vítimas, a Buser aguarda as investigações.
A Buser tem a segurança como um dos pilares de sua atividade. A empresa oferece, gratuitamente, treinamentos regulares aos motoristas parceiros. Além disso, desde o início de sua atuação, implementou o seguro grátis a todos os viajantes.
Acrescento a informação de que o ônibus que viajava de Belo Horizonte (MG) com destino a Guarapari (ES) contava com dois motoristas."
Acidente aconteceu na BR-381, na Região Central de Minas Gerais
Júlio César Santos/TV Globo
O que diz a Jundiá
A Jundiá Transportadora Turística, parceira da Buser, enviou a seguinte nota lamentando o acidente:
"A Jundiá Transportadora Turística lamenta profundamente o acidente ocorrido na madrugada desta quarta-feira (29/12), no KM 356 da BR-381, em João Monlevade, região Central de Minas Gerais.
Informa que já prestou e continua dando total suporte aos passageiros e motorista que estiveram envolvidos no acidente e prestará assistência às famílias das vítimas.
Todos os feridos já foram socorridos e encaminhados para hospitais da região. A Jundiá está empenhada em garantir a melhor assistência possível aos envolvidos.
A empresa ressalta que todas as suas viagens são cobertas por seguro, para garantir a plena assistência de todos os passageiros, motoristas e demais funcionários.
O veículo estava com a documentação e manutenção em dia, com licença para viagem expedida e aprovada pela ANTT. Além disso, os motoristas são registrados pela empresa e também na ANTT, com testes e exames em dia.
As causas do acidente ainda estão sendo apuradas e a Jundiá aguardará e prestará todo o suporte necessário para que os órgãos responsáveis analisem, com a máxima brevidade, os fatores que causaram o acidente e que medidas de segurança sejam implementadas no local para evitar que fatos como este se repitam".
Confira os vídeos mais vistos no g1 Minas:

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.