Em menos de 48 horas, dois trens descarrilam em MS e interditam vias

Em menos de 48 horas, dois trens descarrilam em MS e interditam vias


Pelo menos 18 vagões saíram dos trilhos nas cidades de Aquidauana e Corumbá, ninguém ficou ferido. Uma das ruas interditadas em Aquidauana.
O Pantaneiro/ Reprodução
Em menos de 48 horas, dois trens descarrilaram em Mato Grosso do Sul e interditaram vias nas cidades de Aquidauana e Corumbá, ninguém ficou ferido. As forças de segurança pedem atenção aos condutores e que busquem rotas alternativas.
O primeiro caso aconteceu na tarde de segunda-feira (27), quando sete vagões descarrilaram em Corumbá, a 425 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a Rumo, concessionária responsável pelo transporte ferroviário, ninguém se feriu e não houve danos ambientais.
Além disso, não houve derramamento de carga e a circulação de trens no local já foi restabelecida. A empresa está apurando as causas.
Na manhã desta quarta-feira (29), onze vagões de trem carregados com ferros descarrilaram e interditam vias em Aquidauana, a 141 quilômetros da Capital.
De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar, ninguém ficou ferido e a polícia controla o trânsito no local. As ruas que margeiam a linha férrea, Estevão Alves Corrêa e Pandiá Calógeras seguem interditadas.
A Polícia de Trânsito foi acionada e reforçou a sinalização no local, indicando as rotas de desvio das ruas que interligam o centro/bairro. Os condutores devem ficar atentos ao fluxo de trânsito no local e optar pelo desvio na Rua dos Ferroviários para quem irá do bairro ao centro e pela rua Duque de Caxias. O motivo do descarrilamento será apurado e equipes da empresa já estão no local.
Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.