Dono de cartório é sequestrado e morto em Rubiataba; vídeo


Dois suspeitos foram presos e confessaram o crime. Delegado suspeita de homicídio e a existência de um mandante, já que os homens tinham o controle do portão da casa da vítima. Luiz Fernando Alves Chaves, de 40 anos, era dono de cartório em Rubiataba, Goiás
Reprodução/Polícia Civil
O dono de um cartório em Rubiataba, Luiz Fernando Fernando Alves Chaves, de 40 anos, foi sequestrado em casa no próprio carro e morto em seguida na noite de terça-feira (28). O delegado que investiga o caso, Marcos Adorno, acredita em homicídio, já que os suspeitos tinham o controle do portão da casa da vítima.
Dois homens foram presos suspeitos de cometer o crime. Segundo o delegado, em uma conversa informal, eles confessaram o assassinato. Os nomes deles não foram divulgados. Por isso, o g1 não localizou a defesa para se manifestar.
A polícia investiga a possibilidade de haver um mandante do crime e que ele seja do círculo de amizade de Luiz Fernando Chaves.
Os suspeitos revelaram a motivação do homicídio na conversa informal, mas o delegado não pode informar para não atrapalhar a investigação.

Use ← →para continuar navegando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.