Dólar opera em alta nesta terça

Dólar opera em alta nesta terça


Na segunda-feira, a moeda norte-americana fechou cotada a R$ 5,6387. Notas de dólar
REUTERS/Dado Ruvic
O dólar opera em alta nesta terça-feira (28), com os investidores atentos aos desdobramentos da disseminação da variante ômicron e às perspectivas da saúde fiscal do país.
Às 9h15, a moeda norte-americana subia 0,18%, vendida a R$ 5,6489. Veja mais cotações.
No dia anterior, a moeda norte-americana recuou 0,36%, cotada a R$ 5,6387. Na parcial de dezembro, acumula alta de 0,03%. No ano, o avanço é de 8,70%.
2021: Ano de juros, inflação e dólar altos e de manobra no teto de gastos
Cenário
No exterior, receios sobre a variante ômicron do coronavírus continuavam a ocupar lugar de destaque na lista de preocupações de investidores globais, cujo temor também inclui riscos de inflação mais alta e consequente aperto mais acelerado das políticas monetárias.
Na cena local, o IBGE divulgou que a taxa de desemprego no Brasil caiu para 12,1% no trimestre encerrado em outubro, mas a falta de trabalho ainda atinge 12,9 milhões de brasileiros.
Já os índices de confiança no comércio e serviços perderam força no final do ano, segundo mostrou o FGV Ibre.
Na segunda-feira, os economistas do mercado financeiro voltaram a reduzir a estimativa de inflação para 2021 e mais uma vez fizeram uma previsão de alta menor do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no ano.
A projeção para a inflação de 2021 recuou de 10,04% para 10,02%. Para 2022, foi mantida a estimativa de 5,03%, segundo o boletim Focus do Banco Central. Para o PIB, a previsão de alta neste ano passou de 4,58% para 4,51%. Já para 2022, foi reduzida de 0,50% para 0,42%.
Os economistas também mantiveram em 11,50% ao ano a expectativa para a taxa básica de juros para o fim de 2022. Atualmente, a Selic está em 9,25% ao ano, o maior patamar em mais de quatro anos.
A projeção para a taxa de câmbio no fim de 2021 subiu de R$ 5,60 para R$ 5,63. Para o fim de 2022, avançou de R$ 5,57 para R$ 5,60 por dólar.
Por que o dólar sobe? Assista no vídeo abaixo:
Entenda a alta do dólar

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *