Dezenas de trabalhadores de UTI espanhola têm diagnóstico positivo para Covid após festa de Natal

Dezenas de trabalhadores de UTI espanhola têm diagnóstico positivo para Covid após festa de Natal


Todos os infectados estão com sintomas leves da doença, segundo as autoridades de saúde de Andaluzia. Fachada de hospital de Andaluzia, onde cerca de 70 médicos e enfermeiros pegaram Covid após festa de fim de ano
Reprodução/Reuters
Ao menos 68 médicos e enfermeiros intensivistas de um hospital da Espanha contraíram Covid-19 depois de irem a uma festa de Natal, disseram autoridades de saúde nesta segunda-feira (6).
O governo da Andaluzia diz investigar a fonte da infecção, mas afirmou que os funcionários do Hospital Universitário de Málaga participaram de uma festa que reuniu mais de 170 pessoas.
As autoridades sanitárias disseram que os infectados já haviam sido vacinados. Todos os 68 trabalhadores apresentam sintomas leves da doença.
Uma outra hipótese para o surto, segundo o governo andaluz, seria uma refeição compartilhada entre todos os funcionários do hospital.
Após esse caso, autoridades regionais pediram que funcionários de outros hospitais públicos ou privados não compareçam a festas de Natal.
Caso similar na Noruega
Um encontro de fim de ano de uma empresa em Oslo, que reuniu mais de 100 pessoas, vem sendo considerado pelas autoridades da Noruega como o foco de um surto de Covid-19 no país, com 60 casos positivos – 17 deles são analisados como casos suspeitos da variante ômicron.
O balanço ainda é provisório e pode aumentar com o avanço dos testes de sequenciamento, disse em nota a prefeitura da capital norueguesa – que confirmou, a partir de sequenciamento genético, ao menos um caso da nova variante entre os convidados.
"Até agora, 60 pessoas testaram positivo para a Covid-19 nos exames de PCR", disseram as autoridades sanitárias em um comunicado.

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.