Corpo de mulher é encontrado com marcas de facadas próximo a estação de metrô no DF

Corpo de mulher é encontrado com marcas de facadas próximo a estação de metrô no DF


Vítima foi identificada como Drielle Ribeiro da Silva tinha, de 34 anos. Polícia Civil investiga feminicídio; ninguém foi preso. O corpo de uma mulher foi encontrado, nesta segunda-feira (6), próximo à estação de metrô de Samambaia, no Distrito Federal. De acordo com a Polícia Civil, a suspeita é de que o caso seja um feminicídio. Ninguém foi preso.
A vítima foi identificada como Drielle Ribeiro da Silva, de 34 anos. Policiais militares informaram que o corpo dela tinha "ferimentos de arma branca em várias partes".
O Corpo de Bombeiros também compareceu à cena do crime e constatou o óbito. Em seguida, a Polícia Civil foi acionada e realizou a perícia.
LEIA TAMBÉM:
VIOLÊNCIA: feminicídios deixaram 134 vítimas e 151 órfãos no DF, nos últimos seis anos
AUMENTO: em 10 meses de 2021, DF registra mais feminicídios que em todo ano passado
CONDENADOS: julgamentos de feminicídios levam em média 1 ano e 3 meses no DF, diz MP
Ao g1, uma cunhada da vítima, que preferiu não se identificar, contou que os familiares "estão chocados" e ainda tentam entender o que aconteceu.
O caso foi registrado na 26ª Delegacia de Polícia, de Samambaia Norte. Os investigadores trabalham com uma pessoa suspeita, mas não deram detalhes sobre o caso.
De janeiro a outubro de 2021, houve 23 casos registrados de feminicídio no Distrito Federal. Em comparação com 2020, quando foram 17 ocorrências, portanto, o número cresceu 35%
Como e onde denunciar violência contra mulheres?
Fachada da Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (DEAM II)
SSP-DF/Divulgação
A SSP tem canais de atendimento que funcionam 24 horas por dia. As denúncias e registros de ocorrências podem ser feitos pelos seguintes meios:
Telefone 197
Telefone 190
E-mail: denuncia197@pcdf.df.gov.br
Whatsapp: (61) 98626-1197
Delegacias – que são consideradas serviço essencial – funcionam normalmente. Trinta atendem em regime de plantão ininterrupto de 24 horas.
O DF tem duas Delegacias Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), na Asa Sul e em Ceilândia, mas os casos podem ser denunciados em qualquer unidade.
O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), também recebe denúncias e acompanha os inquéritos policiais, auxiliando em pedidos de medidas protetivas à Justiça.
Em casos de flagrante, qualquer pessoa pode pedir o socorro da polícia, seja testemunha ou vítima.
Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM)
Endereço: EQS 204/205, Asa Sul, Brasília
Telefones: (61) 3207-6195 e (61) 3207-6212
Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (DEAM II)
Endereço: QNM 2, Conjunto G, Área Especial, Ceilândia Centro
Telefone: (61) 3207-7391
Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT)
Endereço: Eixo Monumental, Praça do Buriti, Lote 2, Sala 144, Sede do MPDFT
Telefones: (61) 3343-6086 e (61) 3343-9625
Prevenção Orientada à Violência Doméstica (Provid) da Polícia Militar
Contato: 3190-5291
Central de Atendimento à Mulher do Governo Federal
Contato: 180
Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.