Confira 4 dicas de como conseguir uma bolsa de estudo

Confira 4 dicas de como conseguir uma bolsa de estudo


O final de ano é época marcada por vestibulares e pela procura de bolsas de estudos. Veja alternativas para fazer faculdade em 2022 O final de ano é uma época marcada pelos vestibulares, pelo Enem e pela expectativa em começar uma graduação. E é também um período para procurar e aproveitar as oportunidades de bolsas de estudo, que são várias!
1. Prouni
O Programa Universidade para Todos (Prouni) foi criado em 2004 pelo Governo Federal com o intuito de fornecer bolsas de estudos de 50% a 100% para alunos que preenchem determinados requisitos socioeconômicos. Atualmente, há duas versões anuais do programa, uma feita no começo e outra na metade do ano. Além disso, o candidato precisa preencher alguns requisitos para ganhar a bolsa de estudo.
Entre eles, ter cursado todo o Ensino Médio em escola pública ou em escola particular com bolsa integral, não ter diploma do Ensino Superior e ter renda de até três salários mínimos.
2. Quero Bolsa
O Quero Bolsa é um site em que você encontra informações sobre faculdades, universidades e cursos de todo o Brasil, além de ofertas de bolsas de estudo de até 75%. Os descontos são aplicados a todas as mensalidades, até o fim do curso, e a adesão pode ser feita por um pagamento único ou pela assinatura recorrente, a depender da oferta escolhida.
Além disso, você ainda compara preços e consegue garantir as melhores bolsas de estudo, a preços muito melhores do que os encontrados direto na faculdade.
Conseguir uma bolsa pela Quero Bolsa é um processo simples. Veja algumas vantagens:
● Não é necessário comprovar renda
Diferente do Prouni ou das bolsas filantrópicas, os descontos oferecidos pela Quero Bolsa não possuem qualquer vinculação com a renda do aluno. Por isso, não é preciso comprovar renda para ganhar a bolsa.
● Não tem processo seletivo
Como vimos, algumas universidades oferecem a bolsa de estudo de acordo com o desempenho do aluno no processo seletivo. Já pela Quero Bolsa não há relação entre o desempenho do candidato e a porcentagem da bolsa oferecida.
● Não utiliza a nota do Enem
A nota do Enem não é considerada no processo de escolha das bolsas da Quero Bolsa. Isso porque a plataforma possui um sistema próprio de avaliação, a Prova Estudantil Nacional do Ensino Médio (Penem).
A prova é aplicada ao longo do ano inteiro e é composta por 20 questões de Matemática, 20 questões de Língua Portuguesa e uma redação.
● Possui ofertas de vários cursos em diversas universidades
A Quero Bolsa oferece descontos em mais de 1.200 instituições de ensino de todo o Brasil, em diversos cursos. E oferece bolsas também de pós-graduação, de idiomas, ensino técnico e na Educação Básica!
3. Direto com a universidade
As universidades particulares costumam oferecer bolsas de estudo para alguns estudantes. As regras variam de uma instituição de ensino para outra. Em geral, alguns requisitos são analisados, como:
● desempenho no vestibular;
● ter participado de olimpíadas estudantis ao longo do Ensino Médio;
● ser atleta profissional ou universitário.
Nesses casos, as regras e as porcentagens das bolsas também mudam de um caso para o outro. Ainda assim, o valor do desconto costuma ser determinado por um número de anos ou mesmo de semestres, de modo que o aluno pode perder a bolsa no meio da graduação.
4. Bolsa Filantrópica
Algumas universidades particulares oferecem bolsas para estudantes de baixa renda. Esse quesito costuma ser levado em consideração pelas instituições de ensino superior comunitárias ou confessionais.
Nesses casos, o comum é a universidade conceder a bolsa para os alunos de baixa renda que ficaram melhor posicionados no vestibular. Podem ser concedidas tanto bolsas parciais como integrais.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *