Comprovante de vacinação contra Covid é exigido em 16 capitais

Comprovante de vacinação contra Covid é exigido em 16 capitais


Nesta semana, Cuiabá tornou passaporte da vacina obrigatório para cinema e teatros, e Rio de Janeiro incluiu exigência para hotéis. Veja a situação pelo país. Eduardo Paes fala sobre a ampliação da exigência do comprovante de vacinação no Rio
A exigência de comprovante de vacinação está em vigor em ao menos 16 capitais do país, segundo um levantamento do g1: Brasília, Cuiabá, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Teresina.
Além delas, Aracaju, a partir do dia 17, exigirá a comprovação da vacinação ou teste negativo de Covid para eventos abertos com até 5 mil pessoas e fechados com até 3 mil. Essa exigência será válida até 9 de janeiro. Já em Belém, o governo do Pará anunciou a exigência de comprovante para entrar em bares, restaurantes, cinemas, teatros, equipamentos turísticos, igrejas e outros locais a partir de segunda-feira (6).
Belo Horizonte, Boa Vista, Campo Grande, Curitiba, Goiânia, Macapá, Porto Alegre, São Luís e Vitória não possuem obrigatoriedade de apresentação de comprovantes de vacinação.
Anvisa envia reforça pedido de exigência de vacinação completa para viajantes
DPU e DPRJ recomendam que seja exigido comprovante para entrar no país
Veja como tirar o comprovante de vacinação
Em parte dessas capitas, essa exigência – também conhecida como passaporte de vacinação – decorre de normas estabelecidas pelos governos estaduais. São os casos, por exemplo, de Natal, Rio Branco e Salvador.
Prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), mostra aplicativo 'passaporte da vacina', usado na cidade, durante evento em agosto.
Reprodução/Youtube
As regras variam de um lugar para outro. Em geral, o comprovante de vacinação é exigido em eventos com grande número de pessoas, como shows. Mas há também exigência para entrada em restaurantes – casos de Fortaleza e Manaus, por exemplo – e hotéis e pousadas, como estabeleceu a Prefeitura do Rio de Janeiro nesta semana.
Veja, abaixo, a situação pelo país:
Brasília
Decreto do dia 24 de novembro do governo do Distrito Federal tornou obrigatória a apresentação do cartão de vacina para entrada em eventos como shows e competições esportivas.
Cuiabá
A comprovação de vacinação contra Covid-19 para entrada em estádios, cinemas, teatros, museus, salões de jogo, casas de show e apresentações artísticas no geral é obrigatória a partir desta quinta-feira (2).
Florianópolis
Passaporte é obrigatório em shows, feiras, congressos e jogos, com público superior a 500 pessoas desde o dia 16 de novembro.
Fortaleza
Determinação do governo do Ceará exige a apresentação do comprovante vacinal em restaurantes, bares e eventos sociais desde o dia 15 de novembro.
João Pessoa
Decreto desta quarta-feira (1º) do governo da Paraíba exige a apresentação do comprovante para a entrada em shows. Regra é válida até o dia 2 de janeiro de 2022.
Manaus
Bares e restaurantes exigem carteira de vacinação contra Covid-19 com pelo menos a primeira dose. O decreto entrou em vigor no dia 23 de agosto.
Maceió
O Ministério Público e o setor de eventos firmaram um acordo na sexta-feira (3) para exigência de comprovante de vacinação contra Covid-19 ou teste RT-PCR negativo para entrar nas festas privadas de réveillon na capital alagoana.
Natal
Decreto estabelece exigência do esquema vacinal em eventos esportivos, cinemas, teatros e eventos com mais de 300 pessoas no Rio Grande do Norte desde outubro.
Palmas
A exigência de comprovante de vacina é para eventos com mais de 200 pessoas. Decreto da prefeitura é de agosto, mas havia sido suspenso por uma decisão judicial. Tribunal de Justiça do Tocantins reestabeleceu a regra no dia 7 de outubro.
Porto Velho
A prefeitura determinou em setembro que a população precisa apresentar o comprovante de vacinação para entrar em eventos com 100 pessoas ou mais.
Recife
Desde o dia 19 de novembro, apenas quem tomou duas doses do imunizante contra a doença tem acesso a eventos fechados em Pernambuco. A partir de segunda-feira (6), um decreto estadual exigirá o comprovante para entrada em órgãos públicos.
Rio Branco
Uma determinação do governo do Acre exige a apresentação de comprovante de vacinação para festas, bares, órgãos públicos e eventos desde o dia 29 de novembro.
Rio de Janeiro
Diversos locais, como restaurantes, bares e academias, exigem de seus frequentadores a apresentação do passaporte da vacina.
Salvador
A partir de quarta-feira (1º), a visitação social às unidades de saúde, às unidades prisionais, além de serviços de atendimento público da Bahia exigem a comprovação da vacinação contra Covid-19.
São Paulo
A prefeitura de São Paulo exige o comprovante de vacinação para entrada em eventos com mais de 500 pessoas desde setembro. Em outros locais, como bares, restaurante e shoppings, não é preciso apresentar comprovante.
Teresina
Governo do Piauí determinou nesta terça-feira (3) a apresentação do comprovante em casas de show, academias e clubes.
Vitória
Não existe a obrigatoriedade de apresentação do comprovantes para entrar em bares e restaurantes, mas, desde setembro, vacinados contra Covid-19 têm desconto em alguns estabelecimentos.Fonte G1 SC

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.