Como a Quero Bolsa ganha dinheiro?

Como a Quero Bolsa ganha dinheiro?


O site QueroBolsa é uma tradicional plataforma onde mais de 900 mil alunos já conseguiram descontos em cursos em todas as regiões do país Se você já ouviu falar na Quero Bolsa, aquele site que oferece bolsas de estudo em mais de 1,2 mil faculdades em todo o Brasil, já deve ter pensado:
Então, é este “segredo” que vou contar aqui para vocês: como a Quero Bolsa ganha dinheiro?
Em primeiro lugar, coloquei a palavra segredo ali em cima entre aspas porque segredo é uma coisa escondida, que as pessoas não querem que seja descoberta.
No caso da Quero Bolsa, não há segredo.
Para começar a deixar tudo mais claro, vamos voltar um passo e entender o cenário brasileiro no segmento da educação:
1. Muitas pessoas sabem que para melhorar na carreira, precisam fazer faculdade, mas não têm dinheiro para pagar as mensalidades.
2. Por outro lado, faculdades privadas têm vagas ociosas sobrando, ou seja, precisam de alunos para se manter.
3. Quem quer estudar não tinha, até antes do Quero Bolsa, uma plataforma de pesquisa e comparação de preços e qualidade das instituições.
4. As faculdades, até antes da Quero Bolsa, não tinham onde divulgar suas ofertas, a não ser em seu próprio site ou balcão da recepção.
Vendo esse problema, a Quero Educação, empresa que administra a Quero Bolsa, decidiu unir as duas pontas: alunos que querem estudar pagando um preço mais acessível e faculdades que precisam de alunos.
Dessa forma, a Quero Bolsa presta um serviço às faculdades, enchendo as salas de aula, e aos alunos, oferecendo as melhores ofertas de bolsas de estudo do mercado.
Assim, todos saem ganhando: as faculdades recebem mais alunos; os alunos pagam mais barato para estudar; e o Brasil cresce em função do aumento de mão de obra capacitada.
Então, voltamos à questão que motivou este texto:
E a Quero Bolsa, o que ganha com isso? Quanto e de quem a Quero Bolsa cobra para prestar esse serviço às faculdades, aos alunos e ao Brasil?
Como a Quero Bolsa ganha dinheiro?
A receita da Quero Bolsa vem da adesão paga pelo aluno para garantir a bolsa de estudos. A adesão pode ser feita por um pagamento único ou pela assinatura recorrente, a depender da oferta escolhida.
A cobrada, em geral, equivale ao valor da mensalidade do curso com desconto. Já na adesão por assinatura, o aluno paga um valor menor de entrada e renovações ao longo do seu curso.
A Quero Bolsa e as faculdades parceiras
Das faculdades, a Quero Bolsa cobra, por meio de contrato, o compromisso de manter o desconto para o aluno até o fim do curso. Além disso, muitas das faculdades parceiras abrem mão de receber o pagamento da matrícula de alunos que chegam a ela pela Quero Bolsa.
Em troca, a Quero Bolsa se compromete a aumentar o número de alunos da instituição. Afinal, para a faculdade, quanto mais alunos matriculados, melhor, porque o custo de manter uma sala de aula cheia ou semi-cheia é praticamente o mesmo.
O salário que a instituição pagará aos professores é o mesmo, assim como o custo de manter a infraestrutura, no caso de cursos presenciais, ou de manter sua plataforma on-line modernizada e funcional, no caso de cursos a distância ou semipresenciais. E tudo isso independe do número de alunos matriculados.
Por isso, a captação de alunos que a Quero Bolsa faz para as instituições de Ensino Superior representa valor para elas.

A Quero Bolsa e os alunos Quero
Dos alunos que se matriculam nas faculdades pela Quero Bolsa (Alunos Quero), a Quero Bolsa cobra a taxa de adesão. As formas de adesão à bolsa de estudos variam de acordo com a oferta.
Para algumas bolsas, há o pagamento único, que costuma ser aproximadamente o mesmo de uma mensalidade cheia ou com o desconto já aplicado; para outras, o aluno paga um valor mensal baixo e renovações semestrais; e existem ainda algumas ofertas que não possuem taxa de adesão.
Dependendo da instituição que o aluno escolher, ele estará, ainda, isento do pagamento da matrícula da faculdade. Ou seja, para esse aluno, não haverá custo adicional algum: em vez de pagar a matrícula para a faculdade e passar todo o curso pagando o preço cheio das mensalidades, ele pode pagar a taxa de adesão para a Quero Bolsa e fazer todo o curso com o desconto da bolsa.
Como garantir uma bolsa de estudo na Quero Bolsa?
1. Acesse o site querobolsa.com .
2. Escolha o seu curso e a cidade onde você quer estudar.
3. Escolha a sua bolsa de estudo.
4. Faça o pagamento da sua pré-matrícula online para garantir a sua bolsa.
5. Imprima o comprovante de pré-matrícula da Quero Bolsa e apresente à faculdade no ato da matrícula.
Pronto! O desconto está garantido para todas as mensalidades, até o fim do curso.
Quais são as faculdades parceiras da Quero Bolsa?
A Quero Bolsa conta com mais de 1,2 mil faculdades parceiras que oferecem as bolsas de estudo em diversas graduações. São cursos presenciais, semipresenciais e a distância (EaD) em instituições espalhadas por todo o Brasil.
Abaixo, você confere algumas das principais, que contam com unidades em todas as regiões do país:
● Estácio – Universidade Estácio de Sá
● Unicsul – Universidade Cruzeiro do Sul
● Faculdades Anhanguera
● Unopar – Universidade Norte do Paraná
Além das citadas acima, você pode pesquisar pelas bolsas de estudo nas outras milhares de faculdades parceiras clicando no botão abaixo, selecionando curso, instituição e onde deseja estudar.
Queremos ajudar as faculdades a encher a sala de aula, o Brasil e crescer e, principalmente, ajudar você a conquistar o seu diploma e dar um salto na carreira.
Bons estudos!

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *