Chuva forte e ventania provocam queda de árvores em cidades do Noroeste Fluminense

Chuva forte e ventania provocam queda de árvores em cidades do Noroeste Fluminense


Ocorrências foram registradas em Miracema e Santo Antônio de Pádua nesta segunda-feira (27). Queda de árvores atingiu o telhado de casas em Miracema, no RJ
Defesa Civil/Divulgação
Uma chuva forte e um ventania provocaram a queda de árvores em cidades do Noroeste Fluminense nesta segunda-feira (27). As ocorrências foram registradas Miracema e Santo Antônio de Pádua.
Em Miracema foi registrado o volume de chuva de 52,6 mm, sendo que 48 mm foram em 20 minutos. Já em Santo Antônio de Pádua, o acumulo de chuva foi de 46,4 mm em 24 horas.
Miracema
Segundo a Defesa Civil da cidade, a velocidade do vento foi de 92km/h e o nível do rio Ribeirão é de 60 cm acima do normal.
A cidade registrou quedas de árvore em Pernambuco, Areais, na Igreja São José de Cehab, no Parque da Cehab. Houveram também seis quedas de árvores na RJ-116, entre Miracema e Pádua e dez árvores na RJ-188, entre Miracema e Campello.
Na Rua Jandira Alvim Braga uma árvore atingiu uma casa e na Av. Deputado Luiz Fernando Linhares duas casas foram atingidas pela queda de árvores. Uma casa destelhada na Rua Campo Santo 47.
Ventania provocou queda de árvores em Miracama, no RJ
Defesa Civil de Miracema/Divulgação
Santo Antônio de Pádua
De acordo com a Defesa Civil, houveram quedas de árvores em alguns pontos da cidade e também alguns pontais alagamentos. A previsão é de 70% de chance de chuva forte para a cidade nesta terça-feira (28).
O Rio Pomba está com 2,47 metros, situação tranquila para os moradores em torno. A Defesa Civil segue em monitoramento.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *