Casos de pacientes com gripe quadruplicam e Hortolândia registra alta na busca por remédios

Casos de pacientes com gripe quadruplicam e Hortolândia registra alta na busca por remédios


Média de pacientes atendidos era de 100 entre novembro e início de dezembro, e chegou a 400 na segunda (27), diz prefeitura. Secretário garante assistência para população e equipes completas. Hortolândia reforça estoque de medicamentos para pacientes com sintomas gripais
O número de atendimentos a pacientes com gripe em Hortolândia (SP) quadruplicou e resultou em aumento na busca por medicamentos contra os sintomas da doença, de acordo com a prefeitura. A média de atendimentos realizados diariamente pela Unidade Respiratória do Novo Hortolândia era de 100 entre novembro e início de dezembro, mas subiu e chegou a 400 na segunda-feira (27).
A alta na demanda elevou o tempo de espera para o atendimento médico, o que provocou reclamações dos pacientes sobre as condições. A administração, contudo, garante que há assistência.
"Aqui no corredor estava lotado. Agora o pessoal foi embora por causa da chuva", falou o vigilante Adailton Artem. Durante o período da manhã, já havia fila para atendimento na unidade do Novo Hortolândia, e a situação em outros postos também foi alvo de críticas de pacientes.
"Amanda [UBS do Jardim Amanda] está um caos também, muita gente com sintoma da gripe, lotado. Aí mandam para cá [Nova Hortolândia] porque lá não estão atendendo sintomas de gripe. Fiquei aqui mais de quatro horas com meu filho", afirmou a auxiliar de limpeza Roberta Santos.
Alta de casos de pacientes com sintomas da gripe lota hospitais de Campinas
O que diz a prefeitura?
O secretário adjunto da Saúde de Hortolândia, Leandro Severino, destacou que as equipes das unidades de saúde estão completas e o município trabalha com sistema da avaliação de risco para estabelecer as prioridades nos atendimentos para casos de urgência e emergência.
"É uma situação pontual, estamos com equipes completas, temos medicação e estamos passando por um pico e com a ajuda da população a gente espera que o número de casos diminua", falou.
Segundo ele, a procura por remédios para a gripe aumentou, sobretudo Tamiflu, e ele garantiu disponibilidade. A prefeitura tem estoque e ainda recebe envio de medicações pelo estado.
A orientação do governo municipal é para que os moradores intensifiquem os protocolos de prevenção e higiene, como uso de máscara e limpeza das mãos, para evitar não somente a possível transmissão do vírus da gripe, mas também do novo coronavírus.
Pacientes à espera de atendimento na Unidade Respiratória do Novo Hortolândia
Reprodução / EPTV
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no g1 Campinas.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *