Câmara realiza sessão extraordinária para votar piso salarial de professores em Presidente Prudente nesta quarta-feira

Câmara realiza sessão extraordinária para votar piso salarial de professores em Presidente Prudente nesta quarta-feira


Manifestações têm sido feitas pelos servidores municipais, que reivindicam à Prefeitura a adequação dos vencimentos da categoria do magistério. Manifestações têm sido feitas pelos servidores municipais, que reivindicam a adequação dos salários em Presidente Prudente
Sintrapp
A Câmara Municipal de Presidente Prudente (SP) vai realizar nesta quarta-feira (29), às 9h, um sessão extraordinária para a votação do piso salarial dos professores.
Na sessão, será debatido o projeto de lei (nº 439/18), de autoria do prefeito Ed Thomas (PSB), que dispõe sobre a concessão do abono do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) aos profissionais da educação básica da rede municipal de ensino, além de uma emenda de lavra do chefe do Executivo.
Muitas manifestações têm sido feitas pelos servidores municipais, que reivindicam a adequação dos salários ao piso nacional do magistério.
A última ocorreu no dia 21 de dezembro, quando os trabalhadores foram à frente da Prefeitura protestar. Depois, eles seguiram para a frente da Câmara.
O piso, que é estabelecido pela lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008, não vem sendo pago aos servidores que fazem parte das tabelas do magistério.
VEJA TAMBÉM:
Grupo de servidores municipais de Presidente Prudente reivindica pagamento de salários pelo piso nacional do magistério
Servidores municipais reivindicam adequação dos salários ao piso nacional do magistério
Conforme a Câmara, a preocupação é justamente sobre a simetria legal entre os dispositivos legais. Os textos estão em análise do Departamento Jurídico do Legislativo.
Como a Câmara está em recesso parlamentar, ou seja, o período em que não são realizadas sessões ordinárias, é necessária a convocação extraordinária após ofício do chefe do Executivo. O atendimento ao público e outras atividades parlamentares, como visitas, reuniões e fiscalizações continuam normalmente.
A sessão ocorre com o acesso liberado ao público, mas as medidas de prevenção de contágio da Covid-19 estão mantidas, como uso obrigatório de máscaras, limite de ocupação máximo das galerias e álcool em gel.
Os trabalhos são transmitidos ao vivo pelo canal da TV Câmara. Todas as transmissões ficam disponíveis após seu encerramento.
Manifestações têm sido feitas pelos servidores municipais, que reivindicam a adequação dos salários em Presidente Prudente
Emerson Sanchez/TV Fronteira
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente
Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *