Bolsonaro causa aglomeração ao abraçar apoiadores em praia de SC

Bolsonaro causa aglomeração ao abraçar apoiadores em praia de SC


Ele parou entre as praias de Ubatuba e a da Enseada, em São Francisco do Sul, no Norte catarinense, para passear de moto aquática na manhã desta terça-feira. Bolsonaro em praia de São Francisco do Sul nesta terça-feira (28)
Jean Raupp/Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro (PL) deixou o Forte Forte Marechal Luz, em São Francisco do Sul, no Norte catarinense, para fazer um passeio de moto aquática na manhã desta terça-feira (28). Ele parou entre as praias de Ubatuba e da Enseada onde cumprimentou apoiadores e banhistas e causou aglomeração.
O presidente chegou ao Estado no início da tarde de segunda-feira (27). Ele deve ficar em Santa Catarina até a próxima semana, passando o réveillon no estado. Não há agenda oficial.
A escolta presidencial acompanha Bolsonaro por terra e pelo mar desde o forte, onde ele saiu por volta das 11h30.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Bolsonaro cumprimenta apoiadores em praia de SC
Jean Raoupp/NSC TV
Em Santa Catarina, de acordo com decreto estadual, é possível ficar sem máscara de proteção contra Covid-19 ao livre, mas apenas em casos em que é possível manter distanciamento. Quando há aglomeração, a máscara é obrigatória mesmo em locais abertos.
O espaço onde Bolsonaro está hospedado é administrado pela 5ª Divisão do Exército Brasileiro. A expectativa é de que ele passe o réveillon no estado acompanhado da família. Além dele, a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, também está na cidade.
Bolsonaro diz que não vai vacinar filha
Em entrevista à imprensa na tarde de segunda, o chefe do executivo disse que não vai vacinar a filha contra a Covid-19. As declarações sobre a imunização desse público contrariam indicações da ciência.
A Associação Médica Brasileira (AMB) afirmou, em nota, ser “integralmente a favor” da vacinação contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a aplicação da vacina da Pfizer em 16 de dezembro para essa faixa etária.
O presidente da República também disse que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, vai se manifestar sobre a vacinação contra a Covid em crianças de 5 a 11 anos no dia 5 de janeiro.
A questão da vacina para criança é muito incipiente ainda, o mundo ainda tem muita dúvida”, afirmou o presidente.
Bolsonaro contraria ciência e diz em SC que não vai vacinar filha de 11 anos
Bolsonaro em SC
Desde que assumiu a presidência, em janeiro de 2019, Bolsonaro veio ao Estado para diferentes motivos, mas a maioria foi em agendas de eventos festivos e férias. Essa é a 11º vez que o presidente vem a Santa Catarina.
VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias
Veja mais notícias do estado no g1 SC

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *