Biden oferece ajuda aos estados diante do aumento infecções por Covid

São filas enormes para testes em todo o país. O presidente americano reconheceu que a situação é caótica. Presidente americano oferece ajuda aos estados
O presidente americano, Joe Biden, ofereceu ajuda aos estados e disse que o governo dele tem muito trabalho diante do aumento das infecções.
São filas enormes para testes em todo o país. Uma moradora de Nova Jersey diz que muitos lugares pedem testagem, mas é difícil conseguir.
O presidente Joe Biden reconheceu, nesta segunda-feira (27), que a situação é caótica. Ele disse: “Ver como foi difícil conseguir um teste esse fim de semana mostra que nós temos mais trabalho a fazer”.
Em pelo menos cinco estados, a média móvel de casos em sete dias é recorde desde o começo da pandemia.
Em Nova York, o número em relação ao último inverno. Em todo o país, o número de hospitalizações entre crianças aumentou 31% em 10 dias, segundo uma análise do jornal The Washington Post.
O professor Taison Bell, da Universidade da Virgínia, diz que nenhuma criança que chegou ao hospital tinha sido vacinada e que isso mostra a importância da vacinação.
Nos asilos por todo o país, apenas 50% dos moradores receberam a dose de reforço, que estudos têm mostrado ser fundamental para evitar os efeitos mais graves da variante ômicron.
Cerca de 40% dos americanos ainda não se vacinaram.
Os especialistas reforçam que os primeiros estudos sugerem que a variante ômicron causa doença mais leve, mas os não vacinados contribuem para que os hospitais fiquem sobrecarregados.
O presidente Biden ofereceu ajuda aos governadores. Disse: “Se precisarem de algo, peçam. Nós vamos ajudar do jeito que pudermos”.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *