Bar onde ocorreu queda de mezanino já havia sido autuado por atuar como casa noturna, diz Prefeitura de Porto Alegre

Bar onde ocorreu queda de mezanino já havia sido autuado por atuar como casa noturna, diz Prefeitura de Porto Alegre


Estabelecimento chegou a ser interditado em setembro, mas foi autorizado a abrir em outubro. Advogado de dono diz que local não funcionava como casa noturna. Duas pessoas ficaram feridas, uma em estado grave. Peritos criminais visitaram estabelecimento, em Porto Alegre, para análises
IGP/Divulgação
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Porto Alegre afirmou, no domingo (5), que o bar onde ocorreu a queda de um mezanino já havia sido interditado cautelarmente por funcionar como casa noturna. O estabelecimento possui alvará exclusivamente para atuar como bar, café e lancheria, com horário de funcionamento limitado até a meia-noite, diz a prefeitura.
O advogado do dono do bar afirmou que o local não atua como casa noturna e que tem capacidade para 80 pessoas. Pelas redes sociais, a administração do local lamentou o ocorrido e disse que está à disposição dos parentes dos feridos e das autoridades.
A interdição cautelar foi determinada no dia 4 de setembro, por descumprimento à legislação sanitária vigente e por aglomeração de pessoas, além de estar atuando, no momento da fiscalização, predominantemente como casa noturna. No dia 20 de outubro, o auto de interdição foi cancelado, condicionado ao cumprimento da legislação sanitária e das atividades autorizadas pelo alvará, informou a prefeitura.
A queda do mezanino ocorreu por volta das 23h de sábado (4), na Avenida São Paulo, no bairro São Geraldo, na Zona Norte da Capital. A Polícia Civil investiga o caso.
Duas pessoas ficaram feridas no incidente. A Secretaria Municipal da Saúde afirma que um homem continua internado na UTI em estado grave, enquanto uma mulher está estável, sem necessidade de leito de UTI.
Nesta segunda-feira (6), três peritos criminais do Instituto-Geral de Perícias (IGP) estiveram no bar para analisar as estruturas metálicas que desabaram. O trabalho durou cerca de três horas.
A equipe especializada em perícias de engenharia civil do IGP recolheu vestígios, realizou medições e observou as condições do material, para determinar o que causou o rompimento. Segundo o órgão, documentos, como os projetos da estrutura, vão ser solicitados para análise, que deve levar 30 dias.
Bar fica localizado na Zona Norte de Porto Alegre
Reprodução/RBS TV
VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.