Banda que utilizou fogos de artifício em show na Expoapi é notificada, diz governador do Piauí

Banda que utilizou fogos de artifício em show na Expoapi é notificada, diz governador do Piauí


Segundo o gestor, o grupo musical será responsabilizado por ter infringido a lei que proíbe o manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de estampidos e de artifícios que possuem efeito sonoro ruidoso no Piauí. Fogos assustam cavalos da Expoapi, que fogem e são atropelados em Teresina; 1 animal morreu e outro ficou ferido
Reprodução
O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), afirmou que a banda que utilizou fogos de artifício durante apresentação na Exposição Agropecuária do Piauí (Expoapi) – que assustou cerca de 10 animais e fez com que eles fugissem e invadissem a BR-343 na noite dessa quarta-feira (8) – foi notificada. A informação foi divulgada nas redes sociais de Wellington Dias na noite desta quinta-feira (9).
Segundo o gestor, o grupo musical será responsabilizado por ter infringido a lei que proíbe o manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de estampidos e de artifícios que possuem efeito sonoro ruidoso no Piauí. A lei foi sancionada há uma semana.
O g1 procurou a organização do evento e a banda notificada, que ficaram de se posicionar posteriormente.
Initial plugin text
Os cavalos eram de várias pessoas e estavam sendo utilizados no circuito de vaquejada que está ocorrendo no evento. Durante a fuga, quando foram atingidos por carros, um deles morreu e outro ficou bastante ferido. Os outros oito foram recapturados e alocados novamente no espaço da feira. Imagens feitas pelo público da feira mostram carros destruídos e animais bastante feridos (veja abaixo). Não houve pessoas feridas.
Fogos de artifício assustam cavalos que fogem da Expoapi e são atingidos por carros na BR-343
Polícia Civil abriu inquérito para investigar caso
A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente de Teresina (DPMA) está investigando o uso de fogos de artifício na Exposição Agropecuária do Piauí (Expoapi), que assustou e provocou a fuga de animais do evento. O procedimento preliminar de investigação foi instaurado na manhã desta quinta-feira (9).
“Recebemos formalmente a denúncia, por meio de um Boletim de Ocorrência lavrado pela deputada. Vamos instaurar um procedimento preliminar para apurar maus-tratos em decorrência do uso desses fogos de artifícios proibidos por uma lei estadual”, informou o delegado Emir Martins.
Confira os vídeos mais vistos da Rede Clube

Use ← →para continuar navegando

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.